Notícia

SIS Saúde

Pós-doutorado em bioquímica com Bolsa da FAPESP

Publicado em 09 março 2012

O Projeto Temático "Aspectos Biológicos de Tióis: Estrutura Proteica, Defesa Antioxidante; Sinalização e Estados Redox" oferece uma oportunidade de pós-doutoramento com Bolsa da FAPESP.

O projeto é coordenado pelo professor Luis Eduardo Soares Netto no Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo.

Os mecanismos pelos quais as células se defendem contra os efeitos tóxicos de radicais livres e espécies correlatas são estudados no laboratório liderado por Soares Netto. Ênfase é dada a uma classe de proteínas denominadas peroxirredoxinas, que inclui tiorredoxinas peroxidases e que tem uma cisteína reativa em seu centro ativo.

"Recentemente, além do papel na defesa antioxidante, essas proteínas têm recebido atenção como mediadores de sinalização redox em muitas vias relacionadas com processos fisiopatológicos", disse Soares Netto.

A levedura Saccharomyces cerevisiae é utilizada como modelo de estudo entre outros motivos por ser manipulada geneticamente, ter seu genoma sequenciado e pela variedade de ferramentas de genômica funcional disponível. "Temos interesse também na expressão de proteínas heterólogas (por exemplo, proteínas de mamíferos ou plantas) nessa levedura e na investigação do fenótipo resultante", disse.

Entre outras ferramentas, é utilizada uma coleção de aproximadamente 4 mil linhagens, cada uma com uma deleção em um gene distinto. "Procuramos realizar múltiplas abordagens experimentais, incluindo análises de estruturas cristalográficas de proteínas antioxidantes, utilizando infraestrutura do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron", disse Soares Netto.

Maiores detalhes das linhas de pesquisa, incluindo artigos publicados, podem ser obtidos em www.ib.usp.br/antioxidantes.

Os candidatos à bolsa deverão enviar para o e-mail nettoluis@yahoo.com.br, em formato pdf, até o dia 20 de março de 2012: currículo atualizado, duas cartas de recomendação de profissionais da área e breve relato (máximo duas páginas) da experiência profissional e motivações quanto à função.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP (no valor de R$ 5.333,40 mensais) e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

O bolsista de PD, caso resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de Bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades. 

Autor: Redação

Fonte: Agência FAPESP