Notícia

Folha.com

População de Campinas tem propensão genética à obesidade, sugere análise

Publicado em 04 fevereiro 2020

Por José Tadeu Arantes, da Agência FAPESP
Adaptações evolutivas ocorridas no passado podem ter deixado a população de Campinas e de outras localidades do interior do estado de São Paulo com maior propensão genética para acumular açúcares e gorduras no organismo e, consequentemente, predisposta a desenvolver doenças como obesidade e diabetes. Essa é a conclusão de um estudo divulgado na revista Scientific Reports por pesquisadores do Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.