Notícia

Notícias ao Minuto

Poluição de São Paulo cai pela metade com greve de caminhoneiros Dados foram divulgados pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb)

Publicado em 30 maio 2018

A greve dos caminhoneiros, que completa dez dias nesta quarta-feira (30), reduziu pela metade os efeitos da poluição na cidade de São Paulo, de acordo com o Sistema de Informações de Qualidade do Ar, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

“Houve uma redução de 50% da poluição na capital paulista. Esse é um episódio raro e vamos estudar suas consequências na saúde pública. Quem sabe, essas evidências quantitativas sirvam de argumento para a criação de políticas públicas”, disse o diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA-USP), Paulo Saldiva, em participação no evento “Diálogos Interdisciplinares sobre Governança Ambiental da Macrometrópole Paulista”.

Como publicado pela Época, na tarde dessa segunda-feira (28), quando os caminhoneiros ainda estavam paralisados, a qualidade do ar na capital paulista era considerada boa em todas as estações de medição, o que é incomum.

Em comparação com dados diários sobre poluição atmosférica coletados pela Cetesb, os índices de poluição aumentaram quando houve a liberação do rodízio e tiveram uma forte queda com a falta de combustível.