Notícia

SEGS Portal Nacional de Seguros & Saúde

Políticas ambientais apresentam assimetrias crescentes entre países, diz Jacques Marcovitch

Publicado em 13 outubro 2011

Por Betania Lins

- Entre o superdimensionamento das impossibilidades e a distorção do possível, professor da USP propõe o caminho da realidade pela substituição da retórica por métricas que viabilizem a construção de um futuro sustentável.

- Palestra será no dia 19, às 17 horas, na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP.

O professor Jacques Marcovitch, estudioso das relações internacionais e da questão das mudanças climáticas, fará dia 19, às 17 horas, na FEAUSP a terceira palestra da primeira conferência da Universidade de São Paulo sobre Os Desafios da Globalidade. Organizada para analisar as assimetrias da sociedade internacional, a conferência também debaterá como essas assimetrias afetam as dinâmicas inerentes aos processos de globalização.

Marcovitch, que foi reitor da USP de 1997 a 2001 e atualmente leciona na FEA e no Instituto de Relações Internacionais (IRI), falará sobre o tema Assimetrias e cooperação internacional.

Segundo ele, "as políticas ambientais vêm apresentando assimetrias crescentes entre países. Algumas análises nos remetem a uma sombria escolha entre o ruim e o pior." O ruim se configuraria no imobilismo diante destas assimetrias até a reversão do modelo causador do aquecimento global. Sobressaem-se, neste quadro, a crise da falta de água, crise alimentar e inundações em regiões costeiras, diz Marcovitch. Para ele, "tais fenômenos, agravados pela evolução demográfica global, não cessarão de imediato, mesmo com o cumprimento das metas de Kyoto".

O pior cenário seria a falta de cooperação internacional nas áreas de energia, água e florestas. "A visão que se contrapõe a isso é também irreal, encorajando grandes e favoráveis expectativas. Assim, entre o superdimensionamento das impossibilidades e a distorção do possível, o que fazer? Sugere-se o caminho da realidade pela substituição da retórica por métricas que viabilizem a construção de um futuro sustentável", afirma Marcovitch.

A última palestra da conferência sobre Os Desafios da Globalidade será feita dia 26/10 pelo economista Otaviano Canuto dos Santos Filho, vice-presidente do Banco Mundial (ver abaixo).

Programa

- Dia 19 de outubro, às 17 horas na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, auditório FEA-5

Assimetrias e cooperação internacional

Palestrante: Jacques Marcovitch, reitor da USP de 1997 a 2001, especialista em empreendedorismo, mudanças climáticas e relações internacionais. É professor da FEAUSP e do Instituto de Relações Internacionais da USP.

- Dia 26 de outubro, às 17 horas na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, auditório FEA-5

As economias em desenvolvimento como locomotivas da economia global

Palestrante: Otaviano Canuto dos Santos Filho, vice-presidente e chefe da Rede de Redução de Pobreza e Gestão Econômica do Banco Mundial. Lecionou na Unicamp e na FEA.

Mais informações e inscrições:

Ciclo de três eventos

Segundo os organizadores, a conferência da USP é o primeiro de um ciclo de três eventos dedicados ao exame dos Desafios da Globalidade, concebido para promover o exame de temática de grande relevância e comum às áreas de ciência política, relações internacionais, direito e economia. Nos dois próximos anos o ciclo terá continuidade com conferências dedicadas ao exame dos regimes internacionais e dos múltiplos aspectos associados à noção de governança internacional.

Iniciativa conjunta da Pró-reitoria de Pesquisa, do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), da Faculdade de Direito, do Instituto de Relações Internacionais (IRI) e da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, o ciclo de conferências reforça a cooperação interdisciplinar na Universidade e amplia as possibilidades de interpretação da globalidade e de estudo das suas diversas implicações.

A ideia que inspira as conferências é trazer para a USP a discussão de grandes temas da atualidade, explica o professor Nicolau Reinhard, vice-diretor da FEAUSP e um dos organizadores do ciclo, junto com os professores Marta Arretche e André Singer (DCP-FFLCH), e Pedro Dallari (Direito USP e IRI). Segundo Reinhard, a sugestão de realizar esse conjunto de eventos partiu do professor Marco Antonio Zago, pró-reitor de Pesquisa da USP.

Os vídeos das duas primeiras palestras da conferência da USP sobre Os Desafios da Globalidade, feitas pelos professores Celso Lafer (Direito USP) e Adam Przerworski (New York University), podem ser acessados no site http://www.iptv.usp.br