Notícia

Info Energia

Pilulas Energéticas

Publicado em 05 setembro 2011

São Paulo, 05/09/2011 - A assembleia geral extraordinária, em segunda convocação ficou para dia 6 de setembro, conforme comunicado da companhia. Nessa nova assembleia, independente do número de sócios presentes, sairá uma definição sobre a operação de compra da Vanguarda produtora de soja .O capital da Brasil Ecodiesel é pulverizado entre vários acionistas. Os principais são o empresário Helio Seibel, com 17,88%, e a Bonsucex Holding, com 8,72%. Os outros 73% estão dissolvidos no mercado, segundo informaçoes atualizadas da BM&FBovespa.

-O Sindicombustíveis do Distrito Federal informou em nota divulgada à imprensa, que nos últimos dias, as distribuidoras estão aumentando os preços dos combustíveis, principalmente do etanol hidratado e da gasolina "C". Segundo a entidade, de 30 de junho a 1º de setembro, a variação do preço do etanol nas distribuidoras foi de 7,13%. A gasolina sofreu variação de 4,48% em igual período.

-A Frente de Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica reuniu-se em Brasília, para tratar do ressarcimento aos consumidores decorrente de erro na metodologia de reajuste das contas de luz. O grupo esteve no gabinete do ministro Augusto Sherman Cavalcanti, relator do processo que tramita no Tribunal de Contas da União (TCU), que trata do assunto. Foi protocolada petição requerendo urgência no parecer do TCU sobre a possibilidade de ressarcimento dos valores calculados à época em que a metodologia continha erro.

-O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, pôs um ponto final no impasse sobre a oitava rodada de áreas exploratórias de petróleo que se arrastava desde 2006, quando o leilão foi suspenso judicialmente. Segundo ele, os contratos com as empresas que arremataram áreas antes do leilão ser interrompido "não foram assinados na época e não serão mais". "Quem arrematou não teve os procedimentos completados. Portanto, não leva", disse Lobão, frisando que o governo se preocupa em manter contratos, mas neste caso não houve "qualquer assinatura no papel".

-Representantes da Petrobras e do consórcio formado pelas empresas Odebrecht, Mendes Junior e UTC assinaram, na Sede da Companhia, no Rio de Janeiro (RJ), contrato para prestação de serviços relativos às estruturas de interligação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). O objetivo principal das estruturas é interligar tubulações, cabos elétricos e cabos ópticos entre as unidades industriais do Comperj, garantindo a operacionalização da primeira refinaria do Complexo. O contrato contempla elaboração do projeto executivo, construção civil, montagem eletromecânica, interligações, comissionamento e testes. O prazo contratual para execução dos serviços é de 960 dias corridos.

- Durante duas semanas, um grupo de 70 estudantes brasileiros e estrangeiros terá o desafio de utilizar métodos computacionais avançados para resolver problemas relacionados aos novos materiais com aplicações nas áreas de energia e meio ambiente. Entre 5 e 16 de setembro, eles participarão da São Paulo Advanced School on Computational Materials Science for Energy and Environmental Applications, na Universidade Federal do ABC (UFABC), em Santo André (SP).O evento, realizado no âmbito da Escola São Paulo de Ciência Avançada (ESPCA), modalidade de apoio da FAPESP, será organizado pela UFABC em colaboração com o Centro Internacional de Física Teórica Abdus Salam (ICTP, na sigla em inglês) - entidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), sediada em Trieste (Itália) - e a Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento (TWAS).A escola terá a participação de 30 docentes, incluindo alguns dos pesquisadores mais consagrados do mundo na área de desenvolvimento de métodos computacionais avançados, de acordo com Caetano Rodrigues Miranda, coordenador da ESPCA e professor do Centro de Ciências Naturais e Humanas da UFABC.

Equipe Infoenergia