Notícia

Tribuna do Sertão

Pessoas com mais de 60 anos aprendem a jogar e programar games

Publicado em 02 fevereiro 2019

Até pouco tempo atrás, jogar videogame com os netos seria algo impensável para alguns idosos. Imagine aprender a programar? Com o aumento da expectativa de vida, as pessoas chegam à terceira idade com melhores condições de saúde física e intelectual.

Por isso, a International School of Game (Isgame) oferece gratuitamente, todo o semestre, cursos para maiores de 60 anos. As oficinas começam em março, em São Paulo, e as inscrições podem ser feitas por e-mail até o fim do mês. “Melhora na memória, concentração e qualidade de vida dessas pessoas. Além de percebermos isso durante o curso, conseguimos comprovar em nossa pesquisa com o apoio da Fapesp”, disse Fábio Ota, fundador da Isgame. A escola teve o projeto aprovado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, em 2017.

A metodologia da International School of Game proporciona o desenvolvimento do raciocínio lógico, criatividade, trabalho em equipe, planejamento e concentração.

O ensino de desenvolvimento de games para adultos com mais de 50 anos pode promover a função cognitiva, além da sociabilização e integração intergeracional por meio das dinâmicas das aulas presenciais.

Além das oficinas para idosos, a Isgame oferece outros cursos de programação de videogames para maiores de 50 anos, jovens e crianças. Para mais informações, acesse o site.

Serviço

Programação para maiores de 60:

Neste semestre, o curso gratuito para aprender a jogar videogame ocorrerá de sexta-feira das 16h às 17h. O início está previsto para março. São 12 vagas. É necessário enviar a solicitação com nome, CPF e data de nascimento para contato@isgame.com.br

Cursos de videogames para crianças, jovens e adultos 50+ (e idosos):

Desenvolvimento de videogame: aprender a desenvolver um videogame em 2D para PC

Turmas de 8 a 12 anos, acima de 12 anos e acima de 50 anos.

Aprendendo a jogar videogame: Turmas acima de 50 anos

Aulas semanais com 1h30 de duração.

Autor: Camila Tuchlinski