Notícia

Unisanta - Universidade Santa Cecília

Pesquisas sobre substâncias farmacêuticas e drogas ilícitas na baía de Santos são temas do Congresso Internacional no próximo sábado (9)

Publicado em 06 setembro 2017

Por Elaine Saboya

Pesquisadores da Unisanta e da Unifesp apresentarão mais estudos sobre esse tema, no sábado pela manhã e à tarde. A Unisanta é uma das organizadoras e sede do 12º Encontro da Sociedade de Tecnologia e Química Ambiental da América Latina, que acontece de 7 a 10 de setembro. Outros temas de interesse da Baixada, como erosão e poluição serão debatidos.

Diversas pesquisas feitas por docentes do mestrado em Ecologia da Universidade Santa Cecília (Unisanta) e pesquisadores da Unifesp têm identificado altas concentrações de produtos farmacêuticos, além de cocaína e da benzoilecgonina (substância excretada pela urina humana após metabolização da cocaína pelo fígado), na baía de Santos.

Novos estudos serão apresentados no sábado, nas salas do 4º e 5º andares do Bloco F da Universidade Santa Cecília (Unisanta), na Rua Cesário Mota, 8, em Santos, por pesquisadores da Unisanta e de outras instituições parceiras, públicas e particulares. As apresentações, chamadas de sessões especiais, terão a duração de 15 minutos cada, das 8h30 às 9h. Das 14 às 16 horas, haverá uma mesa-redonda sobre o tema.

Esses estudos, em parceria dos pesquisadores dos Laboratórios de Ecotoxicologia e de Pesquisa em Produtos Naturais da Unisanta, com os Departamentos de Ciências do Mar e de Biociências da Unifesp, relatam, de forma pioneira, desde 2014, dados preocupantes sobre aqueles contaminantes encontrados na água do mar da região, trazendo um alerta quanto aos prejuízos ao meio ambiente.

Um dos trabalhos, Occurrence of pharmaceuticals and cocaine in a Brazilian coastal zone – Ocorrência de produtos farmacêuticos e de cocaína em uma zona costeira brasileira, foi publicado na revista internacional Science of the Total Environment, volumes 548–549 (2016), páginas 148 a 154. Trata-se de um veículo de prestígio da comunidade científica mundial. Outras também foram selecionadas para importantes publicações.

No encerramento do artigo, os autores afirmam que as altas concentrações de produtos farmacêuticos e de cocaína encontradas no ecossistema marinho em estudo são preocupantes. De acordo com o Prof. Camilo Seabra, coordenador do estudo, “Não se pode descartar a possibilidade de haver absorção e a retenção dessas substâncias no organismo dos seres vivos (bioacumulação), o que pode provocar efeitos nocivos”.

Descarte inadequado

Segundo os pesquisadores, o passo principal para minimizar a contaminação por esses compostos seria a redução do descarte inadequado de medicamentos e o desenvolvimento de um tratamento mais eficaz para descarga de águas residuais.

Além disso, acreditam que é preciso haver novas políticas sobre a avaliação dos riscos ambientais e gestão desses resíduos. Destacam ainda a importância da conscientização pública, entre os profissionais de saúde e consumidores, a fim de reduzir a prescrição e o consumo excessivos de medicamentos, crescentes nos grandes centros urbanos.

O biólogo Camilo Seabra (Unisanta), que supervisionou alguns desses estudos no Laboratório de Ecotoxicologia da Unisanta, explica que os pesquisadores não se detiveram em possíveis efeitos dos contaminantes para os consumidores e banhistas, pois o foco dos trabalhos foi a contaminação de seres marinhos. Esses organismos são considerados “sentinelas” da poluição e, ao terem suas características genéticas e físicas afetadas, dão um sinal de alerta quanto à necessidade de se conter a contaminação no mar e de se estudar seus efeitos no homem, pelo consumo dos animais afetados.

Medicamentos e drogas ilícitas encontradas

São estas as 23 pesquisas que serão apresentadas no sábado pela Unisanta e universidades parceiras, como parte do 12º SETAC.

1 – Fluoxetina: Estudo ecotoxicológico e avaliação do risco ambiental em ecossistema costeiro.

F.S. Cortez, Unisanta / UNESP Campus do Litoral Paulista; L. Sousa, Erasmus Mundus Master in Water and Coastal Management – UCA; J. Almeida, UNIFESP Instituto do Mar; L.A. Maranho, UNIFESP Instituto do Mar / Departamento de Ciências do Mar; B.B. Moreno, Universidade Santa Cecilia; L. Guimarães, Santa Cecília University; F. Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; C. Nobre, São Paulo State University – UNESP Biosciences institute – São Vicente, SP – Brazil; A. Cesar, Universidade Santa Cecilia / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP; A.R. Santos, UNISANTA / Ecotoxicology; M. Fontes, UNESP Campus do Litoral Paulista; D.M. Abessa, Universidade Estadual Paulista – UNESP/CLP / Marine Biology and Coastal Management; J. Rosa, Santa Cecília University; C.D. Seabra Pereira, Universidade Santa Cecilia / São Paulo Federal University / Marine Science; N. Bento, Santa Cecília University.

2 – Avaliação de riscos de sedimentos contaminados com ibuprofen e triclosan em Siri Azul.

Environmental risk assessment of sediments contaminated with ibuprofen and triclosan employing Callinectes sp.

Barbosa Moreno, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; C. Nobre, São Paulo State University – UNESP Biosciences institute – São Vicente, SP – Brazil; A. Alves, Other; L.A. Maranho, UNIFESP Instituto do Mar / Departamento de Ciências do Mar; D.R. Santos, Universidade de Sao Paulo; C.D. Seabra Pereira, Universidade Santa Cecilia / São Paulo Federal University / Marine Science; D.M. Abessa, UNESP Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; F.S. Cortez, Unisanta / UNESP Campus do Litoral Paulista; A.R. Santos, UNISANTA / Ecotoxicology; F. Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; A. Cesar, Universidade Santa Cecilia / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

3 – Efeitos na taxa de fertilização e desenvolvimento embrionário no do molusco Perna Perna por craque-cocaína em diferentes pHS.

Effects on fertilization rate and embryolarval development of Perna perna mussels exposed to crack cocaine in different pHs

L.d. Souza, Universidad de Cadiz / Departamento de Quimica-Fisica; F. Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; F.S. Cortez, Unisanta / UNESP Campus do Litoral Paulista; D.A. Ribeiro, Unifesp Universidade Federal de São Paulo; T. DelValls, University of Cadiz / Department of Physical Chemistry; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

4 – Efeitos citogênicos (celulares) de subprodutos (crak, subproduto da cocaína) em moluscos Perna perna.

Cytogenotoxic effects of a cocaine byproduct (crack cocaine) to marine mussel Perna perna.

dos Santos Barbosa Ortega, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP; L.A. Maranho, UNIFESP Instituto do Mar / Departamento de Ciências do Mar; L.M. Silva, Universidade Federal de São Paulo UNIFESP; A.S. Kamimura, Universidade Santa Cecília UNISANTA; B. Barbosa Moreno, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; C. Nobre, São Paulo State University – UNESP Biosciences institute – São Vicente, SP – Brazil; F. Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; D.A. Ribeiro, Unifesp Universidade Federal de São Paulo; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

5 – Identificação e Avaliação de Toxicidade em sedimentos: a importância de espécies-testes.

Toxicity Identification Evaluation: the importance of the test species

Alves, Other; M.A. Ferraz, Centro de Estudos do Mar da Universidade Federal do Paraná; F. Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; B. Barbosa Moreno, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; C. Nobre, São Paulo State University – UNESP Biosciences institute – São Vicente, SP – Brazil; R. Antunes, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Institudo do Mar; R. Brasil Choueri, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Ciencias do Mar.

6 – Avaliação Ecotoxicológica do ácido acetilsalecílico (aspirina) no ouriço do mar.

Ecotoxicological evaluation of acetylsalycylc in the echinoderm Equinometra lucunter

Lourenço, Van Gogh College; F. Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; F.S. Cortez, Santa Cecília University / UNESP Campus do Litoral Paulista; A.R. Santos, UNISANTA / Ecotoxicology; W. Toma, Santa Cecília University and São Camilo University Center; L. Guimarães, Santa Cecília University.

7 – Contaminação marinha em sedimentos em zona subtropical. (Baía de Santos, Brasil- Fármacos, cosméticos e cocaína).

Marine sediment contamination in a subtropical zone (Santos Bay, Brazil): Pharmaceuticals, personal care products and cocaine.

Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; D.R. Santos, Universidade de Sao Paulo; B.B. Moreno, UNISANTA; L. Guimarães, Santa Cecília University; F.S. Cortez, Santa Cecília University / UNESP Campus do Litoral Paulista; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science; R. Brasil Choueri, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Ciencias do Mar; A.R. Santos, UNISANTA / Ecotoxicology; S.O. Rogero, J.R. Rogero, Universidade de Sao Paulo / Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

8 – Toxicidade do 17 of 17a – ethynylestradiol (hormônio) em sedimentos estuarinos para a fecundade do copepod Nitokra.

Toxicity of 1717 of 17a – ethynylestradiol in estuarine sediments for the fecundity of the copepod Nitokra sp.

R.B. Choueri, Unifesp Universidade Federal de São Paulo / Departamento de Ciências do Mar; R. Antunes, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Institudo do Mar; F.H. Pusceddu, Santa Cecília University / Biologia Marinha; A. Alves, Other.

9 – Estudo ecotoxicológico e avaliação de risco do anti-hipertensivo Losartan na região costeira brasileira.

Sudy and environmental risk assessment of the antihypertensive Losartan in a Brazilian coastal zone

F.S. Cortez, Santa Cecília University / UNESP Campus do Litoral Paulista; L.d. Souza, Universidad de Cadiz / Departamento de Quimica-Fisica; J. Almeida, UNIFESP Instituto do Mar; L. Guimarães, Santa Cecília University; L.A. Maranho, UNIFESP Instituto do Mar / Departamento de Ciências do Mar; F. Pusceddu, Santa Cecília University / Laboratorio de Ecotoxicologia; A.R. Santos, UNISANTA / Ecotoxicology; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP; D.M. Abessa, Universidade Estadual Paulista – UNESP/CLP / Marine Biology and Coastal Management; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

10 – Drogas ilícitas como novos poluidores do meio ambiente: monitorando cocaína no metabólito belzoilegonine em ecossistemas marinhos.

Illicit drugs as new environmental pollutants: monitoring of cocaine and its main metabolite benzoilecgonine in marine ecosystems.

Fontes, UNESP Campus do Litoral Paulista; L.A. Maranho, UNIFESP Instituto do Mar / Departamento de Ciências do Mar; F.S. Cortez, Santa Cecília University / UNESP Campus do Litoral Paulista; B. B.Moreno, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP; D. Lebre, J. Marques, CEMSA Centro de Espectrometria de Massas Aplicada, CIETEC/IPEN; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

11 – Toxicidade crônica da Fluoxetina para o desenvolvimento larval do Echinometra lucunter.

Chronic toxicity of Fluoxetine to the embryo-larval development of Echinometra lucunter

G.d. Eufrasio Pauly, São Paulo State University – UNESP Campus Experimental do Litoral Paulista; A. Vallim, UNESP Campus do Litoral Paulista; R. Merguizo, São Paulo State University – UNESP Campus Experimental do Litoral Paulista / Laboratory of Marine Microbiology; G. Daniel, A.C. Ramaglia, UNESP Campus do Litoral Paulista; F.S. Cortez, Santa Cecília University / UNESP Campus do Litoral Paulista; M.C. Miraldo, E. Rojas, UNESP Campus do Litoral Paulista; A.F. Cruz, Universidade Estadual Paulista – UNESP/CLP; D.M. Abessa, Universidade Estadual Paulista – UNESP/CLP / Marine Biology and Coastal Management.

Trabalhos que contam com a participação de algum pesquisador do Laboratório de Ecotoxicologia da Unisanta

12 – Impacto dos microplásticos em sedimentos marinhos: efeitos na reprodução do epibemtonic copepod Nitroca sp. Impact of microplastics in marine sediments: effects on reproduction of epibentonic copepod Nitocra sp.

Nobre, São Paulo State University – UNESP Biosciences institute – São Vicente, SP – Brazil; B. Barbosa Moreno, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; A. Alves, Other; A.F. Cruz, L.B. Moreira, Universidade Estadual Paulista – UNESP/CLP; D.M. Abessa, Universidade Estadual Paulista – UNESP/CLP / Marine Biology and Coastal Management; R. Brasil Choueri, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Ciencias do Mar; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP; A. Turra, Universidade de Sao Paulo / Instituto Oceanográfico; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

13 – CO2 – Acidificação induzida em sedimentos afeta a fecundidade do copepod Nitokra sp.

CO2 Induced acidification on sediment affects the fecundity of the estuarine copepod Nitokra sp.

Baldauf, M. De Orte, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; R. Brasil Choueri, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Ciencias do Mar; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

14 – Efeitos da acidificação do oceano em moluscos bivalves: citologia e respostas de letalidade.

Effects of ocean acidification on estuarine bivalve molluscs: cytotoxic and lethality responses.

Medeiros, B. Brito, M. Orte, Federal University of Sao Paulo / Department of Marine Sciences; M. Basallote, Universidad de Cadiz / Ciencias do Mar; L. Silva, Federal University of Sao Paulo / Department of Marine Sciences; T. DelValls, University of Cadiz / Department of Physical Chemistry; I. Medeiros, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Marine Science; R. Brasil Choueri, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Ciencias do Mar; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

15 – Avaliação histopatológica como um biomarcador do status de saúde da Mytella charruana exposta a CO2 induzido em água do mar acidificada.

Histopathological evaluation as a biomarker of health status of Mytella charruana exposed to CO2 induced seawater acidification.

Brito, Federal University of Sao Paulo / Ciencias do Mar; C.M. Cardoso, Federal University of Sao Paulo / Department of Pathology; M. De Orte, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; V.P. da Silva, Federal University of Sao Paulo / Biosciences; R. Brasil Choueri, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP / Ciencias do Mar; D.A. Ribeiro, Unifesp Universidade Federal de São Paulo; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

16 – O uso do spectroscópico FTIR como ferramenta de acesso aos efeitos da acidificação no Amphipods Hyale youngi.

The use of FTIR spectroscopy as a tool to assess the effects of acidification on Amphipods Hyale youngi. P. Sepulveda, University of São Paulo; A. Cesar, Santa Cecília University / Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP; M. De Orte, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; M. Basallote, Universidad de Cadiz / Ciencias do Mar; F. Gusmão, Federal University of Sao Paulo UNIFESP / Ciencias do Mar.

17 – Tolerância biológica e efeitos subletais no Ucides cordatus alimentado por folhas contaminadas.

Biological tolerance and sublethal effects in Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) fed by contaminated leaves.

Duarte, Unifesp (Universidade Federal de São Paulo); M.d. Paço, B.D. Ferreira, M.V. Evangelista, A.L. Mendes, Unifesp Universidade Federal de São Paulo; J. Blasco Moreno, CSIC Spanish National Research Council ICMAN / ECOLOGY AND COASTAL MANAGEMENT; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

18 – Avaliação toxicológica de subproduto cocaína (craque) : status de energia e efeitos neuroendócrinos em moluscos Perna perna.

Toxicological evaluation of cocaine by-product (crack cocaine): energy status and neuroendocrine effects in marine mussels Perna perna.

L.A. Maranho, UNIFESP – Instituto do Mar / Departamento de Ciências do Mar; D.M. Abessa, Universidade Estadual Paulista – UNESP/CLP / Marine Biology and Coastal Management; D.A. Ribeiro, Unifesp Universidade Federal de São Paulo; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

19 – Efeitos do PVX-rich Effect of PVC-rich diet on genotoxic parameters in erithrocytes of juvenile common snook fishes (Centropomus undecimales).

Maluf, UNIFESP; C.M. Cardoso, Federal University of Sao Paulo / Pathology; C. Nobre, São Paulo State University – UNESP Biosciences institute – São Vicente, SP – Brazil; B. Barbosa Moreno, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; D.A. Ribeiro, Unifesp Universidade Federal de São Paulo; L.L. Maluf, Federal University of Sao Paulo; A. Turra, Universidade de Sao Paulo / Instituto Oceanográfico; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science.

20 – Contaminação presente no estuário de Santos- São Vicente tem efeitos genotóxicos no Centropomus undecimalis blood cells.

Contaminants present in the Santos-São Vicente estuary have genotoxic and cytotoxic effects on Centropomus undecimalis blood cells C.M. Cardoso, Federal University of Sao Paulo / Pathology; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science; A. Maluf, UNIFESP; C. Nobre, São Paulo State University – UNESP Biosciences institute – São Vicente, SP – Brazil; B. Barbosa Moreno, Federal University of Sao Paulo – UNIFESP; H. Yamamura, Catolic University of Santos; M. Dias, São Paulo State University – UNESP; D. Ribeiro, Federal University of Sao Paulo / Biosciences.

21 – Alterações na saúde em Ruditapes philippinarum após expostos à exposição continua de efeitos urbanos.

Health status alterations in Ruditapes philippinarum after continuous urban effluent exposure

Diaz-Garduño, University of Cadiz / Physical Chemical Department; J. Perales, CACYTMAR University of Cadiz / Department of Environmental Technologies; C.D. Seabra Pereira, Santa Cecília University / São Paulo Federal University / Marine Science; M. Garrido-Perez, CACYTMAR University of Cadiz; M. Martín-Díaz, University of Cadiz / Physical Chemistry.

Trabalhos de outros pesquisadores da Unisanta

22 – Uso da Spectroscopia Raman no monitoramento orgânico compounds na área de influência de Santos do submarinho de esgotos, São Paulo, Brazil.

Use of Raman spectroscopy for monitoring organic compounds in the area of influence of Santos submarine outfall, São Paulo, Brazil.

Guimarães, Santa Cecília University; B. Lourenço, Van Gogh College; L.P. Moreira, Santa Cecília University; W. Toma, Santa Cecília University and São Camilo University Center; M.T. Pacheco, Santa Cecília University; L.S. Junior, Santa Cecília University / Anhembi Morumbi University.

Outras pesquisas

Ítalo Braga, da Unifesp, presidente da Comissão Organizadora do 12.o SETAC, menciona uma situação que foi alvo de intensos debates recentes na Baixada Santista, a gestão de substâncias com potencial risco para saúde humana e ambiental. “Os especialistas que participarão do evento podem contribuir com ideias para casos semelhantes ao dos cilindros contendo gases perigosos que foram encaminhados para destruição em alto mar”, diz Ítalo Braga.

A erosão na Ponta Praia, a poluição do estuário e praias, entre outros casos emergentes, os polos navais e industriais instalados na Baixada Santista também podem se beneficiar do SETAC, pela obtenção de informações e estabelecimento de parcerias técnicas ou acadêmicas que visem minimizar os riscos relacionados aos frequentes incidentes e acidentes envolvendo cargas potencialmente perigosas que transitam pela região, de acordo com os organizadores.

“Além disso, iniciativas como a recente Carta do Guarujá assinada por gestores públicos da Baixada podem ser tecnicamente orientadas a partir de discussões realizadas em eventos como o SETAC Latin America 12th Biennial”.

Autoridades internacionais

São esperados para o evento, renomados cientistas no cenário nacional, entre eles o Prof. Dr. Alexander Turra, do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo e o médico, Dr. Paulo Saldiva, diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP. Entre as autoridades internacionais estão: o professor Phd Tomás Ángel Del Valls Casillas, da Universidade de Cádiz, na Espanha; o professor Phd Julian Blasco, diretor do Instituto de Ciências Marinhas de Andalucía (CSIC), na Espanha; o professor Phd Michael Newman, diretor executivo de Biologia da Ontogen Corporation e a fundadora da Banyan Biomarkers Inc, Nancy Deslow, professora associada do Departamento de Ciências Fisiológicas Centro de Medicina e Toxicologia Humana Escola de Medicina Veterinária da Universidade da Flórida.

Representantes do Ministério do Meio Ambiente e de agências de fomento à pesquisa, como CNPq e Fapesp, representantes do IBAMA e de agências ambientais da América Latina também são aguardados.

A SETAC Latin America (LA) é uma das cinco unidades da SETAC Internacional, organização global com a missão de contribuir para a qualidade ambiental por meio da Ciência, com a participação do governo, dos setores produtivos e da academia.

Mais informações no site: https://sla2017.setac.org/