Notícia

Cosmo

Pesquisas ambientais em Cubatão

Publicado em 31 julho 2006

Por Thiago Romero, Agência FAPESP

O Estado de São Paulo ganhará um novo espaço para construção e disseminação de conhecimento na área ambiental. Em dois meses, pesquisadores e representantes de órgãos ambientais, universidades e centros de pesquisas de todo o país poderão desenvolver estudos nas instalações do Centro de Capacitação e Pesquisa em Meio Ambiente (Cepema).
O empreendimento foi financiado e construído pela Petrobras em uma área de 20 mil metros quadrados ao lado da Serra do Mar, em Cubatão, na Baixada Santista. A Universidade de São Paulo (USP) será a responsável pela gestão do projeto, que contou com investimentos de R$ 10,5 milhões. A Petrobras assinou, na semana passada, o termo de oficialização da doação do Cepema à USP.
"O complexo, que terá 4 mil metros quadrados de área construída, terá como foco central a interdisciplinaridade. O objetivo é integrar pesquisadores de áreas diferentes de várias partes do país para desenvolver estudos conjuntos", disse Frank Herbert Quina, vice-coordenador do projeto de implantação do Cepema e professor do Instituto de Química da USP, à Agência FAPESP.
Serão oferecidos em Cubatão cursos de pós-graduação e de extensão nas áreas de preservação de recursos naturais e gestão ambiental. Cursos de capacitação ambiental para professores da rede pública de ensino também são uma das metas do centro.
Outros objetivos são a realização de investigações sobre o tratamento de resíduos industriais e o monitoramento de emissões atmosféricas da região, considerada uma das áreas mais poluídas do mundo na década de 1980. Hoje, o problema, apesar de controlado, ainda existe.
"Em vez de focarmos apenas em questões específicas, como água, ar ou solo, queremos incentivar trabalhos que procurem resolver problemas ambientais comuns", afirmou Quina. Inicialmente, 12 projetos da USP serão transferidos para o novo centro. O Cepema tem a coordenação de Cláudio Oller, professor da Escola Politécnica da USP.
O complexo contará com seis laboratórios, seis salas de aula, dois auditórios, salas de apoio e um centro de documentação. Além do prédio principal, o Cepema terá viveiro de mudas, sistema de tratamento de efluentes hídricos, área para reciclagem de resíduos sólidos e um Centro de Triagem e Reabilitação de Animais (CTRA).