Notícia

Veja online

Pesquisadores vão estudar casos assintomáticos de zika

Publicado em 20 dezembro 2015

Pesquisadores de São José do Rio Preto, interior paulista, vão monitorar, ao longo de cinco anos, 2.200 pessoas na cidade com o objetivo de identificar a porcentagem de casos assintomáticos de zika vírus. O projeto, coordenado por Maurício Lacerda Nogueira, do Laboratório de Pesquisas em Virologia da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), faz parte de uma força-tarefa organizada por cientistas paulistas para entender o zika vírus e deter seu avanço. Atualmente, pouco se sabe sobre o agente. O financiamento do [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.