Notícia

Agrolink

Pesquisadores organizam artigos sobre agroecologia em revista da SBPC

Publicado em 25 julho 2017

A edição de abril/maio/junho da revista Ciência & Cultura – Temas e Tendências, editada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), traz como tema central a agroecologia, e tem como organizadores editoriais e científicos os pesquisadores Edson Diogo Tavares e Fernando Curado, da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE).

De acordo com o editorial escrito pelo pesquisador Carlos Vogt, esta edição da revista aborda a agroecologia como uma forma de cultivo alternativa à tradicional monocultura em um Brasil que é um dos líderes mundiais de produção de alimentos. Ele explica que o núcleo temático procura abordar as várias questões intrínsecas ao tema, passando pela relação com o meio ambiente, com os movimentos sociais no campo e pela urgente necessidade de se investir em agrossistemas sustentáveis.

O artigo de abertura do espaço temático é de autoria de Tavares e Curado, doutores em desenvolvimento sustentável pela Universidade de Brasília (UnB). Edson Diogo coordena o arranjo de projetos da Embrapa em agroecologia para o Nordeste Brasileiro e integra, junto com Fernando, o Núcleo de Agroecologia da Embrapa Tabuleiros Costeiros.

Intitulado ‘Agroecologia: abordagens na busca da autonomia do campesinato brasileiro’, o texto traz um apanhado geral de contextualização do surgimento e evolução da corrente no seio das ciências sociais e agrárias no país, além de sua relação com o fortalecimento e conquistas sociais e ambientais dos movimentos organizados no campo brasileiro.

O núcleo temático traz ainda cinco outros artigos de especialistas de diversas instituições de ensino superior e pesquisa do país, entre eles Amaury Santos, da Embrapa Tabuleiros Costeiros, que há anos realiza pesquisas de conservação de sementes crioulas por agricultores familiares no Nordeste.

A revista Ciência & Cultura – Temas e Tendências tem periodicidade trimestral e é uma publicação da SBPC com produção editorial do Laboratório de Jornalismo (LabJor) da Unicamp e com apoio do CNPq, Finep, Fapesp e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Por: EMBRAPA