Notícia

ID News

Pesquisadores do CDMF ressaltam importância de investimento em inovação durante reunião com Governadora do RN

Publicado em 31 janeiro 2020

Em reunião realizada nessa terça-feira (28/1), com a Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, o Diretor Geral do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) e Professor Emérito do Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos (DQ – UFSCar), Elson Longo, junto a Valéria Longo, também integrante do CDMF e Diretora da Katléia — spin off do Centro, dedicada à pesquisa e inovação na área de cosmética e cuidados capilares, ressaltaram a importância dos investimentos em parques científicos e tecnológicos como fundamental para o fomento de pesquisa e inovação em áreas estratégicas.

Na reunião também estavam presentes o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, e a ex-Reitora da UFRN e atualmente assessora especial do gabinete da Universidade, Ângela Maria Paiva Cruz, que coordena o projeto do Parque Científico Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX), além de outros pesquisadores e autoridades.

A reunião, voltada ao debate sobre a consolidação do PAX e sobre os campos com potencial de crescimento no setor produtivo do Estado — como, por exemplo, cerâmica, energia e cosmetologia –, foi destaque em reportagens nos portais do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da UFRN.

O Governo do Estado investirá R$ 8 milhões no Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PCTRN), no município de Macaíba, em um esforço coletivo com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e outras instituições para estruturação do equipamento.

Com previsão para ter início em 2021, será o primeiro parque no Rio Grande do Norte com característica estadual onde as instituições e as empresas poderão empreender e inovar no espaço. O recurso faz parte do acordo de empréstimo do Governo do Estado, por meio do Governo Cidadão, com o Banco Mundial, após a readequação feita no projeto Governo Cidadão.

A governadora Fátima Bezerra recebeu, nesta terça-feira (28), o reitor da UFRN, José Daniel Diniz, a assessora Ângela Paiva, e os convidados da Universidade Federal de São Carlos, o diretor e pesquisador do Centro de Desenvolvimento de materiais Funcionais CDMF, Elson Longo, e a representante da empresa Katléia, Valéria Longo. O encontro ocorreu na Governadoria.

O reitor explicou que o projeto está em um momento de definições com os parceiros para início dos trabalhos. “Será um espaço de inclusão, formação e fomento para as empresas em diversos segmentos”.

Para Elson Longo, “É uma ótima construção, não deve em nada aos parques que conheci no exterior. Está pronto para um retorno financeiro. Vejo grandes possibilidades para desenvolver o parque tecnológico e a economia local. O RN está bem localizado geograficamente e com muitas riquezas naturais sendo mais uma vantagem para o equipamento”.

Em apoio ao desenvolvimento tecnológico no Estado, a governadora enfatizou o trabalho que vem realizando para atrair novas indústrias e investimentos. “Estamos avançando cada vez mais na busca de novos parceiros em prol do crescimento econômico do Estado, motivados e preparando o RN para o desenvolvimento. Mesmo diante das dificuldades orçamentárias, fizemos questão de incluir o projeto do parque para alavancar a economia. Em nossas viagens ao exterior sempre apresentamos o parque em busca de novos investidores”, explicou.

Também participaram da reunião os secretários Jaime Calado (Desenvolvimento Econômico), Fernando Mineiro (Gestão de Projetos, Metas e Articulação Institucional) e Gustavo Coelho (Infraestrutura). Além dos diretores da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern), Clodomiro Alves (Científico) e Júlio Rezende (Inovação).

O parque irá promover polos de inovação e empreendedorismo em áreas como energias renováveis, mineração, pesca, aquicultura, setor têxtil, turismo, fruticultura e serviços. Vai estimular a cultura do empreendedorismo inovador, a partir da junção de Governo, Academia e setor privado, desenvolvendo áreas importantes e que requerem ciência e tecnologia de alto impacto, o que trará benefícios para o Estado, fomentando a pesquisa e atraindo empresas.

O projeto de implantação do parque envolve a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em parceria com a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), a Federação das Indústrias do RN (Fiern), por meio do Sesi e do Centro de Tecnologias do Gás e Energia Renováveis (CTGAS-ER), Fecomércio e o Sebrae-RN.

Com o intuito de propor parceria no Rio Grande do Norte por meio do Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo (PAX), o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, e a governadora do RN, Fátima Bezerra, se reuniram com o diretor do Centro de Desenvolvimento de Matérias Funcionais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Elson Longo, e a empresária Valéria Longo, na manhã desta terça-feira, 28, na Governadoria.

Como o Governo do RN é parceiro da UFRN na implantação do PAX, o reitor Daniel Diniz explicou que a visita do professor Elson Longo, referência nacional na área da química, e da pesquisadora e empresária Valéria Longo tem o intuito de propor parcerias público-privadas na área dos cosméticos, tomando como início o levantamento dos potenciais locais para o campo de produção.

O professor Elson Longo contou que ficou surpreso com a infraestrutura do PAX. “Visitei vários parques tecnológicos e a infraestrutura que vi aqui não fica atrás a de nenhum parque do exterior”. O docente citou ainda que enxerga diversas possibilidades de fomento ao setor produtivo, especialmente nos campos da cerâmica, da energia e da cosmetologia. Já Valéria Longo disse que “ficamos encantados com o parque e há potencial gigante de agregar valor ao estado”.

A governadora Fátima Bezerra reforçou a importância de parcerias com as instituições públicas de ensino superior para o desenvolvimento socioeconômico, por meio da ciência e tecnologia, e colocou a gestão estadual à disposição para que o projeto do PAX siga caminhando.

PAX

O Parque Científico e Tecnológico tem ações planejadas, principalmente, nas áreas da energia, tecnologia da informação e reabilitação em saúde, com oferta de espaços para as entidades apoiadoras. Localizado no município potiguar de Macaíba, o PAX vem mantendo parceria com instituições da gestão estadual e municipal da região metropolitana de Natal, além de órgãos do setor privado como a Federação das Indústrias do Estado do RN (Fiern), Sistema Fecomérico do RN, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), entre outras entidades.

CDMF

O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), e recebe também investimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN).