Notícia

Central das Notícias

Pesquisadores descobrem como estabilizar a asma alérgica

Publicado em 15 fevereiro 2020

Notícia boa para pessoas que sofrem com asma alérgica. Pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP conseguiram bloquear o avanço da doença em cobaias. A inovação agora será redimensionada para uma vacina para humanos.

Segundo a Fapesp, órgão que financia o estudo do novo medicamento, os pesquisadores aumentaram a quantidade de uma determinada proteína. Isso bloqueou os linfócitos, responsáveis pela produção de citocina, que desencadeia a progressão da doença.

O professor coordenador do grupo de pesquisadores, João Santana da Silva, explicou em entrevista ao jornal internacional especializado em ciências imunológicas, Journal of Allergy and Clinical Immunology, que a ideia do estudo surgiu com experimentos realizados no laboratório da FMRP.

Agora o grupo trabalha na busca de transformar o método em medicamento útil para humanos. Por isso, os próximos passos são os estudos em humanos para comprovar a eficácia da descoberta.

A asma é uma doença crônica que pode ser desencadeada por uma reação alérgica, em muitos dos casos. Seus sintomas são falta de ar, tosse, chiado e aperto no peito, despertar noturno e dificuldade para realizar algumas tarefas simples do dia a dia.

Ainda não foi descoberto a cura para a doença, mas com o tratamento adequado os sintomas melhoram e pessoa tem uma vida normal. É fundamental que a pessoa com asma tenha acompanhamento médico correto e constante.