Notícia

SEGS Portal Nacional de Seguros & Saúde

Pesquisadores de seis países ministram cursos e debatem sobre vírus emergentes no continente americano e na África

Publicado em 26 maio 2017

Cientistas brasileiros e dos Estados Unidos, Senegal, Reino Unido, Argentina e Porto Rico irão ministrar, de 29 de maio a 9 de junho de 2017, cursos sobre o estado da arte das pesquisas sobre arbovírus, focados principalmente nas arboviroses dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

As atividades acontecem durante a Escola São Paulo de Ciência Avançada (ESPCA) em Arbovirologia, na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo. A ESPCA é uma modalidade de apoio da FAPESP para organização de cursos de curta duração em pesquisa avançada, com participação de alunos de pós-graduação e pós-doutoramento do Brasil e exterior.

Ao longo de sete dias, serão apresentados e debatidos temas relacionados com a situação das doenças transmitidas por mosquitos em diferentes regiões do continente americano e na África, a biologia de seus vetores, situação da pesquisa sobre o tema nos países participantes, bloqueio do ciclo nos mosquitos transmissores, entre muitos outros.

Participam especialistas em arboviroses da University of Texas Medical Branch (UTMB), Mount Sinai School of Medicine e Universidades de Yale e Colorado, nos Estados Unidos; Instituto Pasteur em Dacar, Senegal; Imperial College, em Londres, Reino Unido; Fundação Instituto Leloir, em Buenos Aires, Argentina; e Universidade de Porto Rico, em San Juan, Porto Rico.

Durante a Escola será realizado um seminário organizado pela Famerp e a University of Texas Medical Branch (UTMB) – Faculdade de Medicina e centro de saúde da Universidade do Texas – para explorar interesses comuns e colaboração em pesquisa científica entre pesquisadores das duas instituições.

Participam da abertura da ESPCA em Arboviroses Carlos Américo Pacheco, diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP; Orlando Bolçone, presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação e Informação da Assembleia Legistativa de São Paulo; Dulcimar Donizetti de Souza, presidente do Conselho da Famerp, Nikolaos Vasilakis, do Departamento de Patologia da UTMB; e Maurício Lacerda Nogueira, professor adjunto da Famerp, coordenador da ESPCA em Arvorirologia.

Para mais informações, consulte o site da Escola São Paulo de Ciência Avançada em Arbovirologia.

Escola São Paulo de Ciências Avançadas em Arbovirologia

Data: de 29 de maio a 9 de junho de 2017

Local: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), av. Brigadeiro Faria Lima, 5416 - Vila São Pedro, São José do Rio Preto