Notícia

Plantão News (MT)

Pesquisadores apresentam descobertas inovadoras da área de saúde no Ciclo ILP - Fapesp

Publicado em 17 maio 2018

Resultados de pesquisas científicas que levaram a descobertas inovadoras e recentes na área da saúde são tema do evento “Inovação em saúde: tecnologias que salvam vidas”, que acontece no próximo dia 21, das 15h às 17h, na Assembleia Legislativa de São Paulo.

A palestra faz parte do Ciclo ILP - Fapesp de Inovação e Ciência, resultado de uma parceria entre o Instituto do Legislativo Paulista (ILP) e a Fapesp para promover eventos de divulgação científica voltados à sociedade, legisladores, gestores públicos e outros interessados.

Na palestra do próximo dia 21, pesquisadores apresentarão casos como o de um novo teste do vírus da Zika que deve chegar ao mercado neste ano. O teste, de alta especificidade e de baixo custo (cerca de R$ 12 por paciente), era apontado, desde 2016, como uma das prioridades no combate ao vírus.

A descoberta é resultado de um projeto de pesquisa desenvolvido em colaboração pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP), Instituto Butantan e a empresa Inovatech.

Também serão apresentadas inovações como um ventilador pulmonar portátil, hoje exportado para 50 países; uma solução tecnológica para gestão e comunicação hospitalar; e um aparelho de monitoramento não invasivo de pressão intracraniana, sinal vital relacionado a diversas doenças e problemas de saúde, como AVC, traumas, meningite e hidrocefalia.

O evento contará com apresentações de Wataru Ueda, da empresa Magnamed, Ricardo Murville Camps, da Medtech, Sérgio Mascarenhas, da Braincare, e de Viviane Botosso, pesquisadora do Instituto Buntantan. Todas as pesquisas que serão apresentadas envolvem apoio da Fapesp no âmbito do programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE).

Criado em 1997, o programa apoia a execução de pesquisa científica e/ou tecnológica em micro, pequenas e médias empresas do Estado de São Paulo.

A palestra do Ciclo é aberta ao público e tem inscrições gratuitas. Ao longo do ano, estão programados ainda mais cinco debates sobre temas que apontam para questões-chave do futuro da sociedade.

Agência Fapesp