Notícia

Correio Popular (Campinas, SP) online

Pesquisadora do Boldrini ganha Grande Prêmio Capes

Publicado em 20 dezembro 2013

A pesquisadora Priscila Pini Zenatti, do Centro Infantil Boldrini, hospital de referência para o tratamento do câncer infantil, recebeu o Grande Prêmio Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) de Tese 2013 da área de ciências biológicas, pela tese Estudo do IL-7R na leucemia linfoide aguda pediátrica de linhagem T.

Concorreram ao grande prêmio 38 teses premiadas, cujos autores apresentaram à Capes uma videoaula com duração de 20 a 30 minutos, em CD ou DVD, destinada a estudantes de Ensino Médio, abordando, de forma apropriada ao nível educacional, o tema da tese de doutorado.

A pesquisa da mutação, financiada com projeto Fapesp e bolsas de estudos do CNPq, levou cinco anos para ser concluída e revela que a proteína IL-7R defeituosa leva à proliferação descontrolada das células na leucemia linfoide aguda T (LLA-T).

Foram estudados 201 pacientes com a doença, sendo 68 com tratamento no Boldrini. A pesquisa revelou que cerca de 10% dos 200 pacientes com leucemia linfoide aguda T investigados possuem a mutação IL-7R. banner_rotativo(); TAGS | pr~emio, Boldrini, Campinas, Capes, Correio Popular

correiopontocom@rac.com.br