Notícia

UFABC

Pesquisadora da UFABC participa de estudo inovador sobre efeito biocida do cobre

Publicado em 03 novembro 2021

Por Estatuto da UFABC

Nanopartículas do mineral podem ser usadas na elaboração de tecidos com efeito biocida e em um produto contra pragas agrícolas

Mineral com comprovado efeito antimicrobiano, o cobre tem mostrado bom potencial como aditivo na fabricação de produtos tecnologicamente mais elaborados e com maior valor de mercado. Estudos feitos por startups e universidades mostram que, quando apresentado na forma de nanopartícula, o material pode ser incorporado a tecidos, tintas e plásticos, oferecendo proteção contra vírus e bactérias. A investigação tem como finalidade pesquisar o uso de nanopartículas de cobre na agricultura, em substituição aos pesticidas convencionais. “Estamos utilizando o material para combater patógenos das plantas e biofortificação. O cobre é um elemento importante para o crescimento vegetal”, destaca a química Amedea Barozzi Seabra, que tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

A startup Brazilian Nano Feed (BNF), de Santo André (SP), incubada na Agência de Inovação da UFABC (Inova UFABC), também trabalha com o cobre nanoparticulado. Em um projeto também apoiado pela FAPESP, a empresa está realizando a síntese de nanopartículas de cobre e prata para uso como aditivo na alimentação de suínos e aves. O objetivo é substituir os antibióticos utilizados para reduzir bactérias patogênicas do trato intestinal dos animais e facilitar a absorção de nutrientes.