Notícia

USP Eventos

Pesquisador da USP participa de encontro sobre biotecnologia na agricultura

Publicado em 10 outubro 2018

Graças às pesquisas científicas, o Brasil já registra taxas anuais de crescimento do uso de controle biológico de pragas na agricultura acima da média mundial. É um avanço em um país com forte cultura de uso de inseticidas. Apesar desses avanços, ainda há desafios pela frente. Embora o Brasil seja um dos líderes da agricultura tropical, não há no país um modelo tropical de controle biológico. Isso terá de ser desenvolvido por meio de programas multi e interdisciplinares.

A avaliação é do pesquisador José Roberto Postali Parra, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, que abordará a questão em uma das palestras do Ciclo ILP-FAPESP de Ciência e Inovação, que acontece no dia 22 de outubro, na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Sob o tema Biotecnologia na Agricultura, o evento contará também com a participação do pesquisador Paulo Arruda, do Instituto de Biologia da Unicamp, que falará sobre “Genômica aplicada às mudanças climáticas – a biotecnologia avançada para impulsionar a produção de sementes”.

Participarão ainda dois pesquisadores apoiados pelo programa PIPE –Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas, da FAPESP. Marcelo Poletti (Promip) falará sobre ferramentas de biotecnologia para o manejo integrado de pragas. Já Debora Colombi (BPI – Biotecnologia, Pesquisa e Inovação) discorrerá sobre a importância do sequenciamento genético no setor agrícola.

A palestra é aberta ao público e tem inscrições gratuitas. As vagas são limitadas.