Notícia

UFSC

Pesquisador da UFSC integra time da ONU para divulgação de ciência no TikTok

Publicado em 18 novembro 2020

Pesquisador e professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), André Báfica é o mais novo integrante da Equipe Halo (Team Halo em inglês). Coordenador do Laboratório de Imunobiologia no Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP), o cientista  participa da iniciativa global da ONU, que tem apoio do Verificado e do Vaccine Confidence Project. De diversas partes do mundo, os participantes do Halo pesquisam vacinas contra o novo coronavírus e aceitaram falar de ciência de uma forma simples por meio da plataforma de vídeos TikTok.

Após aceitar o convite, André deixou a inibição de lado por um bem maior. De forma voluntária, ele e outros pesquisadores gravam vídeos mostrando o dia a dia nos laboratórios, interagindo com os seguidores e desmistificando informações incorretas. “Estou me familiarizando aos poucos com os conteúdos no TikTok e confesso que sou um pouco tímido em frente à câmera. Por outro lado, percebi o quanto educadores de ciência precisam ocupar os espaços e levar informação confiável não-autoritária para todos os públicos. A minha meta é que as pessoas possam por si mesmas compreender temas importantes, como a segurança e a eficácia das vacinas”, diz.

Coordenador da Rede IMUNOVIDa, iniciativa para analisar a resposta imune de pacientes com Covid-19, ele e sua equipe trabalham em novas estratégias para a cura da Covid-19: “Estamos desenvolvendo uma vacina contra o vírus, que tem como base a BCG, uma vacina centenária contra a tuberculose. Vamos aproveitar toda a sua segurança e maneiras de produção para testar se ela funciona como vetor contra a doença. Estamos aumentando a produção para realizar os testes iniciais”. O estudo conta com o financiamento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de São Paulo (FAPESP), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Equipe Halo

O time de pesquisadores brasileiros, também chamados de “guias” dentro do projeto, conta com seis participantes até o momento, incluindo André Báfica. Completam a equipe Wasim SyedJaqueline Goes de JesusNatalia PasternakGustavo Cabral de Miranda e Rômulo Neris. Melissa Fleming, subsecretária-geral de Comunicação Global da ONU, conta que a desinformação minou a confiança do público nas vacinas. “A #EquipeHalo pretende recuperar essa confiança. São pessoas incríveis fazendo a ciência ser parte de uma colaboração global. Devemos comemorar o fato de estes profissionais nos ajudarem a colocar um fim nesta terrível pandemia”, declara. Acesse o site oficial da ação aqui.

Texto: Caroline Borges/Agência Atômica e Camila Cunha/LOOP.