Notícia

Oeste Notícias

Pesquisa

Publicado em 10 junho 2004

A região de Presidente Prudente terá zuna pesquisa sobre vegetação nativa que está recebendo mais de R$ 260 mil em investimentos e deverá gerar dados para melhoria de projetos sobre áreas degradadas e reflorestamentos. A Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) aprovou o projeto de pesquisa sobre ecofisiologia de espécies nativas arbóreas, elaborado pelo professor-doutor em ciências biológicas, Gustavo Maia Souza. O biólogo professor do curso de Agronomia e do programa de mestrado em Agronomia da Unoeste.