Notícia

Tribuna União

Pesquisa quer entender impacto de telas no desenvolvimento da linguagem em crianças

Publicado em 04 março 2020

Uma pesquisa da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP pretende verificar o conhecimento de profissionais de fonoaudiologia sobre o uso de telas eletrônicas portáteis por crianças e investigar a influência desses equipamentos na aquisição e desenvolvimento da linguagem na faixa etária de dois a cinco anos de idade.

Para participar, o fonoaudiólogo deve responder o questionário on-line com perguntas sobre o uso de tablets e celulares pelos seus pacientes. O tempo de preenchimento é de dez minutos, em média. O profissional participante receberá a conclusão do estudo por e-mail até o final do ano e depois o resultado completo estará disponível em publicações da área. O mesmo trabalho também está sendo realizado com pais de crianças na faixa etária proposta.

O estudo é conduzido pela estudante Carolina Felix Providello, com orientação da professora Simone Rocha de Vasconcellos Hage, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Com informações da Assessoria de Comunicação do Campus USP de Bauru

https://jornal.usp.br/