Notícia

Veja online

Pesquisa no interior de São Paulo mostra alto índice de DSTs entre prostitutas

Publicado em 07 dezembro 2011

Mais de 70% das profissionais do sexo de Botucatu, cidade no interior paulista, têm algum tipo de doença sexualmente transmissível (DST). Dessas, 67,7% estão infectadas com o papiloma vírus humano (HPV, sigla em inglês). Os dados são resultado de um levantamento realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unesp), com apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), que analisou exames clínicos e laboratoriais de 102 mulheres, com idade média de 26 anos. A prevalência de DSTs [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.