Notícia

Pequenas Empresas & Grandes Negócios online

Pesquisa mapeará o uso da internet nas pequenas empresas

Publicado em 21 junho 2010

A partir do próximo mês, as pequenas e médias empresas terão um panorama de como a categoria faz uso estratégico da internet nos negócios. A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e o Programa de Mestrado e Doutorado em Administração (PMDA) da Universidade Nove de Julho (Uninove) vão elaborar, em parceria, uma pesquisa intitulada "Uso estratégico da internet em negócios eletrônicos como ferramenta para inserção de pequenas empresas no mercado competitivo".

O projeto, idealizado pela professora e pesquisadora do PMDA da Uninove Silvia Novaes Zilber, conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e tem duas fases. Na primeira, já finalizada, foram feitos estudos de caso em segmentos de varejo e serviços, como moda, publicidade na internet, venda de produtos de informática, venda de livros, venda de flores etc. Na segunda, que deve ser concluída até o final de julho, os dados apurados vão servir para quantificar as práticas de uso da internet em pequenas e médias empresas. "Nosso objetivo é investigar qual o modelo de negócio usado pelos empresários dessas PMEs para o comércio eletrônico, além de analisar o perfil desses empreendedores", diz Silvia.

Para a superintendente de Marketing da ACSP, Sandra Turchi, a ideia principal é fazer um diagnóstico destes setores, para entender quais empresas já nasceram "virtuais" e quais atuavam no meio físico e migraram para o meio digital, analisando se existe uma diferença entre os modelos de negócio utilizados por esses dois tipos de empresas e quais suas vantagens ou dificuldades. "A pesquisa nos permitirá reunir informações capazes de levantar um perfil das pequenas e médias empresas, identificando como usaram a internet para aproveitar oportunidades e alavancar seus negócios", afirma Sandra.

Outro benefício da pesquisa é a elaboração de um tipo de manual ou guia que reúna as melhores práticas para que esses empresários implantem o comércio eletrônico. "A Uninove aplicará um questionário on-line às empresas, e as respostas serão conduzidas uma análise para a criação, em conjunto, de um guia para um comércio eletrônico bem-sucedido", diz Sandra.