Notícia

Diário do Rio Claro

Pesquisa investiga relação entre COVID-19 e insuficiência cardíaca

Publicado em 16 julho 2020

Por Boas notícias

As autópsias realizadas nos últimos quatro meses em cerca de 70 pacientes diagnosticados com COVID-19 falecidos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina (FM) da Universidade de São Paulo (USP) revelaram que alguns deles morreram, principalmente, em razão de alterações cardiovasculares causadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) e não por insuficiência pulmonar. Os pesquisadores investigam agora o mecanismo de ação do virus que provoca, além de lesões epiteliais em praticamente todos os órgãos, alterações na micro e macro circulação.

“ Já sabemos como o virus se distribui por órgãos como o cérebro e os rins, além das glândulas salivares e gônadas, por exemplo, e que ele chega ao sistema nervoso central por meio do nervo olfatório.

Queremos saber, agora, como o vírus causa trombos na micro e macro circulação de forma muito mais exuberante que a do vírus da influenza, por exemplo ”, disse Paulo Sal diva, um dos coordenadores do projeto, em um debate online sobre a situação da enfermidade no Brasil que ocorreu nesta segunda-feira (13), durante a “ Mini Reunião Anual Virtual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) ”, em reportagem da Agência Fapesp. O evento é uma versão online e reduzida da 7 Reunião Anual da entidade, programada para o período entre 12 e 18 de julho, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal, mas cancelada em razão da pandemia de COVID-19.