Notícia

UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas

Pesquisa investiga percepção do plágio na Unicamp

Publicado em 24 agosto 2018

Plágio, integridade acadêmica, citação de textos, reprodução de imagens são temas que assombram estudantes e pesquisadores nas mais diversas fases da vida acadêmica. Para saber o que a comunidade entende sobre estas questões a Pró-reitoria de Pesquisa (PRP) Unicamp, em parceria com a consultoria Data14 e a empresa de software Turnitin, lança nesta sexta-feira (24) a pesquisa Percepção de Plágio.

A pesquisa faz parte de um programa da PRP que visa promover boas práticas e integridade acadêmica da Universidade. “A exemplo das outras universidades estaduais de São Paulo e das principais universidades do mundo, a Unicamp, juntamente com a FAPESP, criou um grupo de trabalho para instituir uma política institucional de integridade científica”, explicou Munir Skaf. Segundo o pró-reitor, a pesquisa faz parte do trabalho e educação, prevenção e conscientização que está sendo realizado pelo grupo.

De acordo com Ana Paula Morales, da Data14, a pesquisa será realizada através de um formulário online, que será enviado nesta sexta-feira (24) para todos os alunos de graduação, pós-graduação e pesquisadores de pós-doutorados da Unicamp. “É um questionário bem breve, com 16 questões, que não deverão tomar dez minutos para ser respondido”, explicou.

Além do questionário online, grupos focais serão realizados em setembro. Ao fim do questionário, os participantes da pesquisa poderão indicar se gostariam de participar nessa segunda fase da pesquisa. “A partir do questionário faremos um mapeamento. Com os grupos, pretendemos nos aprofundar e extrair dados mais qualitativos sobre a percepção do plágio”, apontou Ana Paula, enfatizando que todas as etapas da pesquisa são voluntárias e anônimas.

Segundo ela, muitas pesquisas internacionais mostram que o plágio muitas vezes é cometido não intencionalmente. “Ainda não é uma coisa muito clara o que é e o que não é plágio. Ações educativas podem ajudar significativamente no combate a esse tipo de conduta”, ressaltou.

Ana Paula Morales, pesquisadora do Data14

Segundo o pró-reitor de Pesquisa, ações de conscientização com eventos e seminários já estão sendo planejadas em conjunto com as Pró-reitorias de Graduação e Pós-graduação. “O importante da enquete é conhecermos o ponto de vista do corpo discente da universidade para elaboráramos ações preventivas e educativas”, afirmou. Posteriormente, deverão ser realizados, também, levantamentos entre docentes e pesquisadores.

Os estudantes e pós-doutorandos que não receberem o e-mail e quiserem participar da pesquisa, podem entrar em contato com a Data14 pelo pesqplagio@gmail.com

Leia mais:

https://www.unicamp.br/unicamp/noticias/2017/08/28/educar-e-prevenir-para-promover-boas-praticas-cientificas