Notícia

G1

Pesquisa indica que casca da jabuticaba previne diabetes e melhora funções hepáticas

Publicado em 09 dezembro 2018

Pesquisa do Instituto de Biologia da Unicamp (IBUnicamp) realizada em camundongos idosos comprovou o poder do extrato da casca da jabuticaba na redução de gordura e inflação no fígado, além da prevenção do pré-diabetes.

As doses do extrato do fruto aumentaram os índices do colesterol bom- o HDL-, diminuíram a hiperglicemia, além de trabalhar como um aliado do metabolismo de lipídeos –moléculas de gordura-.

Descontrolados, fatores como o colesterol bom e hiperglicemia estão presentes no pré-diabetes.

A pesquisa, que foi publicada no Journal of Functional Foods, durou quatro anos e foi coordenada pela professora do IBUnicamp Valéria Helena Alves Cagnon Quitete, para defesa de tese de doutorado da pesquisadora Celina de Almeida Lamas.

“Este resultado [pesquisa] é o primeiro de outros que estamos enviando”, disse a professora Valéria Quitete.

Ela confirmou também que os resultados estão ligados a camundongos envelhecidos porque são mais vulneráveis ao pré-diabetes e outras alterações hormonais.

De acordo com os pesquisadores, ainda não há prazo para que o extrato da casca da jabuticaba seja usado em seres humanos, mas uma empresa nacional está o licenciando para usá-lo comercialmente.