Notícia

Portal Rondônia

Pesquisa e desenvolvimento em São Paulo em tempos de coronavírus

Publicado em 14 maio 2020

Por Marco Antonio Zago e Luiz Eugênio Mello

O primeiro caso do novo coronavírus no Brasil foi confirmado em 26 de fevereiro, e 48 horas depois já dispúnhamos da sequência do genoma do vírus, resultante de uma colaboração entre o Instituto Adolfo Lutz e a USP, com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Dos 112 protocolos nacionais de pesquisas em humanos sobre Covid-19 aprovados pela Comissão de Ética em Pesquisa, 60 são do estado de São Paulo. Esse padrão se repete se examinarmos as publicações científicas nos últimos anos: cerca de metade de todos os artigos do Brasil origina-se em São Paulo, que sozinho ultrapassa qualquer outro país da América Latina.

Leia mais (05/14/2020 – 01h00)

Fonte: Folha de São Paulo