Notícia

Ipolitica

Pesquisa da Unicamp estudará o cenário do uso da água na região cacaueira

Publicado em 18 outubro 2018

A partir de 2019, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) junto com instituições parceiras da região (UESC e UFSB) farão um estudo diagnóstico do atual estado do uso da água na região cacaueira, considerando as ações do Comitê das Bacias Hidrográficas do Leste. Esse comitê é responsável pela análise do uso água nos rios Salgado, Colônia, Cachoeira, Almada, Engenho e Una. Os pesquisadores devem analisar os principais destaques em relação a outorga e cobrança de água, onde o resultado deverá esclarecer se há de fato um desenvolvimento (ou não) na gestão dos recursos hídricos regionais. O projeto é financiado pela Fapesp.

Um dos pesquisadores da Unicamp, Kaique Brito (natural de Itabuna), afirma que “o grande ganho desse projeto é a disponibilidade de dados de pesquisa que envolvem uma análise socioambiental do uso da água, e isso favorece muito as ações do Inema na região. Diante disso, as secretarias das prefeituras de Itabuna e Ilhéus, a Emasa e a Embasa, precisam estimular ações de gestão integrada entre natureza e sociedade para garantir sucessos na disponibilidade de água para a população”. O professor Raul Reis, coordenador da equipe, afirma que “os problemas em relação ao uso inadequado da água é um problema não só do Sul da Bahia, mas de diversas regiões. Assim como favorecerá a gestão da água para as cidades da região cacaueira, esse projeto visa também estudos em regiões do Norte da Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro”.