Notícia

FOCEP Brasil

Pesquisa da UFSCar sobre dor lombar crônica busca voluntários

Publicado em 05 janeiro 2021

O Laboratório do Estudo da Dor e Funcionalidade no Envelhecimento, do Departamento de Gerontologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), está convidando voluntários para estudo relacionado à dor lombar crônica inespecífica em adultos e idosos.

O trabalho é realizado pela graduanda em gerontologia da UFSCar Maria Júlia da Cruz Souza, sob orientação de Karina Gramani Say, docente da UFSCar e coordenadora do Laboratório, e com financiamento da FAPESP.

A dor lombar crônica ocorre na região

lombar inferior e pode irradiar para as pernas, com duração maior do que três meses. É considerada inespecífica quando a causa da dor não está relacionada à alteração estrutural, lesão óssea ou articular, escoliose ou lordose acentuada.

O projeto contemplará avaliações iniciais e finais, três sessões de educação em neurociências da dor, 12 sessões de pilates e também o uso de uma cartilha e de um aplicativo para orientações. A educação em neurociência da dor consiste, em linhas gerais, em ensinar o paciente a compreender o processo fisiológico da dor e encará-la como um mecanismo de sobrevivência cujo propósito é proteger o corpo.

Para realizar o estudo, estão sendo convidados voluntários, homens ou mulheres, entre 18 e 59 anos, que tenham dor lombar crônica há mais de seis meses, de qualquer região do país. As atividades serão iniciadas neste mês e haverá novo grupo no próximo ano para pessoas acima de 60 anos de idade.

Os interessados devem preencher formulário on-line até sexta-feira (08/01).

Mais informações pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Folha de Ibitinga Artrite Reumatóide