Notícia

O Imparcial (Presidente Prudente, SP)

Pesquisa constata alto nível de poluição em Campinas

Publicado em 18 abril 2003

Campinas - Uma pesquisa desenvolvida em Campinas pelo físico Edson Matsumoto constatou níveis significativos de poluição atmosférica na cidade, próximos aos de locais degradados na América Latina, como a Grande São Paulo e Santiago, no Chile. O estudo apontou concentrações elevadas de níquel, cromo e zinco no ar. "Se nenhuma medida preventiva for tomada, a tendência é que a situação atinja níveis alarmantes", disse Matsumoto. A pesquisa se refere a uma tese de doutorado defendida na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O pesquisador informou que utilizou uma técnica avançada desenvolvida no Labora-tório Nacional de Luz Síncroton (LNLS), a fluorescência de raio X, para chegar aos resultados do trabalho. O físico usou radiação de um gerador de raio X comum e um detector de sistema eletrônico para avaliar as cerca de 400 amostras atmosféricas colhidas no verão e no inverno, entre 2000 e 2001.