Notícia

Plantão News (MT)

Pesquisa com apoio da FAPESP sobre doença de Crohn ganha prêmio internacional

Publicado em 10 fevereiro 2021

Pesquisa que identifica potencial biomarcador de reaparecimento da doença de Crohn recebeu prêmio de melhor estudo na área cirúrgica durante o congresso norte-americano Advances in Inflammatory Bowel Diseases, que aconteceu em dezembro de 2020.

O estudo, intitulado “MicroRNA 650 Expression in Crohn's Disease: A Possible Biomarker for Post-Operative Follow-Up”, foi realizado por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com coordenação da professora Raquel Franco Leal, da Unicamp, e teve financiamento da FAPESP.

A pesquisa incluiu pacientes com doença de Crohn ileocecal ativa que foram submetidos à cirurgia. O estudo apontou o microRNA 650 como um potencial biomarcador de reaparecimento da doença após a cirurgia de pacientes com doença de Crohn.

A doença está relacionada a uma variação no sistema imune e tem origem genética e ambiental. Uma das características do problema é o aumento do chamado tecido adiposo mesenterial, que fica próximo às alças intestinais. Nos pacientes com a doença, essas dobras do intestino ficam constantemente inflamadas, gerando diarreias nos casos mais leves ou mesmo demandando cirurgia nos mais graves, quando há perfuração ou obstrução intestinal.

O resumo do estudo foi publicado na revista científica The American Journal of Gastroenterology. O trabalho faz parte de uma pesquisa maior que foi descrita em reportagem da Agência FAPESP.

Fapesp