Notícia

WNews

Pesquisa: apenas 14% das empresas paulistas sabem como pedir financiamento para inovação tecnológica

Publicado em 29 agosto 2007

Agência Fapesp

São Paulo 29 de agosto de 2007 - Apenas 14% das empresas paulistas conhecem os instrumentos existentes para o financiamento da inovação tecnológica. O indicador acaba de ser divulgado pela sondagem Necessidade de Inovação na Indústria Paulista 2007, realizada no mês de maio com 230 empresas no Estado de São Paulo.

A pesquisa, elaborada pelo Departamento de Competitividade e Tecnologia (Decomtec) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), destaca que 9% das microempresas conhecem tais instrumentos, seguidas pelas pequenas empresas (13%), médias (20%) e grandes (23%).

O objetivo do trabalho foi apresentar as grandes tendências da dinâmica de inovação industrial paulista, tanto em termos do processo como do ambiente e dos condicionantes em que as empresas se deparam quando realizam atividades inovativas.

As empresas paulistas apontaram o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) como a instituição de apoio à inovação mais conhecida: 97% disseram saber da existência do banco. Em segundo ficou o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com 93%. Outras 47% apontaram a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e 45%, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

A linha de fomento Inovação-Produção, do BNDES, foi indicada pelas empresas paulistas como o instrumento mais conhecido. Do total de empresas entrevistadas, 49% disseram conhecer o programa. Já as linhas de subvenção econômica desenvolvidas pela Finep foram citadas por 12% das empresas paulistas.

Segundo o levantamento, a falta de estrutura interna para pesquisa e desenvolvimento foi apontada por 8% das empresas paulistas como um obstáculo à inovação. Por outro lado, a aquisição de máquinas e equipamentos foi considerada o principal fator de incentivo, mas 50% das empresas entrevistadas apontaram o alto custo dos equipamentos um grande obstáculo para inovar.