Notícia

RedeNotícia

Pesca inaugura laboratório de análise de qualidade da água durante 3 eventos paralelos

Publicado em 10 agosto 2009

As comemorações dos 40 anos do Instituto de Pesca da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado (IP/Apta/SAA), completados em abril, continuam. O instituto promoverá, a partir de 11 de agosto, na capital paulista, três eventos científicos com o mesmo enfoque: "Recursos pesqueiros e aquícolas: interfaces ambiental, social e econômica". Por ocasião da abertura da 9ª Reunião Científica, nesta terça, às 16h30, o secretário João Sampaio inaugura o Laboratório de Análise de Qualidade de Água.

Trata-se de um dos únicos laboratórios no Brasil que concentra, numa única unidade, análises físicas, químicas e biológicas da água, dentro da abordagem de dar suporte à sustentabilidade ambiental das inúmeras atividades relacionadas ao meio aquático, informa o pesquisador Julio Vicente Lombardi, assessor da diretoria do IP.

Assim, a Secretaria será o primeiro órgão público qualificado a atender os diferentes setores do agronegócio, particularmente as atividades voltadas à pesca e à aquicultura, grandes dependentes da qualidade dos recursos hídricos. Mas outros também serão beneficiados: "O setor industrial, por exemplo, necessita de análises frequentes para avaliar a qualidade de seus efluentes líquidos", diz Lombardi.

O laboratório permitirá analisar a qualidade da água antes da captação, durante a atividade (para melhorar a produção) e depois de seu uso. "Antigamente, o aquicultor se preocupava mais com a qualidade da água que chegava ao empreendimento, para dar possibilidade de se criar o organismo aquático. Todavia, não existia qualquer preocupação com a qualidade da água que saía dos viveiros de criação e que era depositada no meio ambiente", explica. "Hoje, essa preocupação já existe e possuímos uma ideia sobre as implicações do lançamento de efluentes de cada tipo de atividade."

O laboratório ainda deverá dar suporte às análises envolvidas nos processos de regulação do uso e ao monitoramento da água, dentro da Política Nacional de Recursos Hídricos. Assim, garantirá um sistema de informações sólido e eficiente com respeito à gestão desse recurso no âmbito nacional, afirma Lombardi. "Ele vai servir tanto para o produtor controlar o seu nível de poluição, de lançamento de efluentes, quanto para os órgãos ambientais ditarem regras sobre esse tipo de monitoramento. O laboratório tem condições de fazer análises físicas, químicas e de parâmetros biológicos, em comum acordo com a resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) 357/2005, que dita limites para esse tipo de controle."

OS EVENTOS - Palestras e mesas-redondas fazem parte da programação da 9ª Reunião Científica e do 1º Encontro de Pós-Graduandos, até o dia 13. Resumos de trabalhos científicos estarão expostos em painéis. Já o 4º Seminário de Iniciação Científica, que ocorre até o dia 14, complementa as atividades do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, mantido em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O principal intuito é iniciar a vivência e interação dos jovens envolvidos no processo de formação científica, sejam do IP ou de outras instituições, em reuniões de especialistas, espaços apropriados para a exposição e discussão de informações e ideias em desenvolvimento. A ajuda de custo recebida pelos bolsistas propicia a muitos a possibilidade de dedicação integral às atividades de estudo e pesquisa.

A iniciativa conta com o apoio do Instituto Biológico (IB/Apta/SAA), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag), Faculdade Cantareira, Guabi Nutrição Animal e Escama Forte Piscicultura.

Um dos objetivos do Instituto de Pesca é demonstrar que trabalha para proporcionar tecnologia sustentável à produção de pescado, destacando seu valor econômico, respeito ao meio ambiente e atendimento às questões sociais.

Os eventos serão realizados no Parque da Água Branca ("Dr. Fernando Costa"), auditório "Paulinho Nogueira" - avenida Francisco Matarazzo, 455, São Paulo (Capital), próximo ao metrô Barra Funda. (Veja programação da Reunião Científica e do Encontro de Pós-Graduandos - www.pesca.sp.gov.br; e do Seminário de Iniciação Científica - www.pesca.sp.gov.br).