Notícia

Revista Amazônia

PD em Química e Bioquímica de Macroalgas com bolsa da FAPESP

Publicado em 06 junho 2017

Agência FAPESP – O Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP) oferece três oportunidades de Pós-Doutorado em Química e Bioquímica de Macroalgas Marinhas com bolsa da FAPESP. O prazo de inscrições encerra em 8 de junho.

As bolsas estão vinculadas ao Projeto Temático “Biodiversidade e prospecção de algas de águas tropicais e da Antártica marítimas”, desenvolvido no âmbito do Programa FAPESP de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA-FAPESP), que tem Pio Colepicolo como pesquisador responsável.

Realizada no Laboratório de Bioquímica e Biologia Molecular de Algas, a pesquisa tem foco na descoberta de novos compostos bioativos e no desenvolvimento de protocolos para o melhor uso das biomassas de macroalgas, na perspectiva do conceito da bioeconomia. Cromatógrafos líquidos e a gás acoplados a espectrômetros de massas (LC-MS e GC-MS), ressonância magnética nuclear (RMN), extrator com fluido supercrítico e biologia molecular são ferramentas disponíveis para alcançar os objetivos da pesquisa.

A primeira bolsa, vinculada a projeto com 24 meses de duração, terá foco na bioprospecção de produtos naturais a partir de macroalgas para o combate à esquistossomose, uma doença tropical negligenciada. As qualificações requeridas dos candidatos a essa posição são: doutorado em Análises Toxicológicas ou Química de Produtos Naturais; experiência em taxonomias clássicas e moleculares de macroalgas; conhecimento avançado de RMN; e familiaridade com GC-MS e LC-MS.

A segunda bolsa, em projeto de 24 meses, tem foco no perfil metabólico de macroalgas do gênero Gracilaria sob diferentes condições de crescimento. As qualificações requeridas dos candidatos são: doutorado em Fisiologia de Plantas ou Bioquímica; experiência em metabolômica de algas; conhecimento avançado de LC-MS e GC-MS; e bom background em estatística, preferencialmente em análises multivariadas, e experiência com software apropriado.

A terceira bolsa, vinculada a projeto com 12 meses de duração, está voltada para pesquisa relacionada à produção de biocombustíveis a partir de macroalgas dentro do conceito de biorrefinaria. As qualificações requeridas para essa posição são: doutorado em Bioquímica, Biotecnologia ou Fisiologia de Plantas; experiência em taxonomia clássica de macroalgas; bom background em estatística, preferencialmente em análises fatoriais, e experiência com software apropriado.

Os interessados deverão enviar currículos para piocolep@iq.usp.br.

A oportunidade está publicada em http://www.fapesp.br/oportunidades/1559/.

Os selecionados receberão Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso os bolsistas de PD residam em domicílio diferente e precisem se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderão ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.

Agência FAPESP