Notícia

Portal do Agronegócio

PD em olericultura está com Bolsa da FAPESP

Publicado em 05 julho 2011

Agência FAPESP

O projeto tem como objetivos avaliar resíduos de siderurgia a coque, provenientes da Vale, quanto a sua potencialidade para uso no cultivo de hortaliças.

O candidato selecionado deverá atender aos seguintes requisitos: a) ter domínio do idioma português; b) ter experiência comprovada em olericultura; c) dedicar-se integral e exclusivamente às atividades do projeto; d) não ter vínculo empregatício ou estatutário; e) não ser aposentado; f) ter obtido o título de doutor em agronomia (produção vegetal ou horticultura) há, no máximo, 5 (cinco) anos; h) ter curriculum vitae atualizado; h) estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo seja aprovada sua candidatura pela FAPESP

Será priorizado o candidato que apresentar experiência comprovada no desenvolvimento de pesquisas em olericultura, além de comprovada capacidade de publicação de artigos em revistas científicas de seletiva comissão editorial.

A inscrição deverá ser realizada por e-mail (leilatb@fcav.unesp.br e hamiltoncharlo@iftm.edu.br), até o dia 14 de julho de 2011, devendo o candidato apresentar: a) justificativa para a candidatura a bolsa; b) histórico escolar dos cursos de mestrado e doutorado; c) curriculum vitae atualizado; d) Três recomendações de docentes ou pesquisadores, destacando as qualidades e potencialidades do candidato.

A seleção do bolsista será realizada baseada no currículo vitae enviado, em que os candidatos deverão apresentar comprovada experiência científica na área pretendida.

Os currículos serão avaliados pelos professores Leila Trevizan Braz e Hamilton César de Oliveira Charlo, da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Jaboticabal.

Também serão considerados os históricos escolares do mestrado e doutorado, juntamente com as três recomendações de docentes ou pesquisadores.

O resultado será divulgado por e-mail a partir do dia 15 de julho. O candidato selecionado deverá estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo seja aprovada a sua candidatura pela FAPESP.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP (no valor de R$ 5.333,40 mensais), Reserva Técnica e Auxílio Instalação. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

O bolsista de PD, caso resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio Instalação.

Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de Bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão publicadas no site FAPESP-Oportunidades, em www.oportunidades.fapesp.br.