Notícia

O Globo

'Passei fome, mas decidi que ia vencer pelos estudos'

Publicado em 24 setembro 2017

Por Flávia Junqueira
A fala doce, baixinha e de sotaque carregado já dá a pista. Aquela mulher de aparência frágil, de não muito mais que um metro e meio de altura tem o dom de contornar obstáculos. De família pobre de Franca, no interior de São Paulo, a professora de Química Joana D’Arc Felix de Souza, de 53 anos, estudou em apostilas emprestadas e, muitas vezes, dormiu com fome quando morava em Campinas, onde fez graduação, doutorado e mestrado na Unicamp. De lá, partiu para os Estados Unidos, onde concluiu o pós-doutorado na Universidade de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.