Notícia

Brasilagro

Parque Tecnológico é inaugurado em Piracicaba

Publicado em 22 agosto 2012

O desenvolvimento tecnológico de Piracicaba e região ganhou um reforço importante nesta terça-feira, 21, com a inauguração do núcleo central do Parque Tecnológico Engenheiro Emílio Bruno Germek. A unidade foi inaugurada pelo governador Geraldo Alckmin e pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia em exercício, Luiz Carlos Quadrelli.

Localizado numa área de mais de 680 mil metros quadrados, o parque reúne importantes instituições com pesquisas na área de biocombustíveis. "Piracicaba é hoje a capital do desenvolvimento, do emprego e das oportunidades, unindo teoria e prática, e este parque representa isso, pois teremos aqui a USP, o Instituto Federal, a nossa Fatec, o setor privado, institutos de pesquisa e empresas", destacou o governador.

O empreendimento faz parte do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec), que inaugurou em junho o parque de Sorocaba. A unidade de Piracicaba fica na rodovia SP-147 (Piracicaba-Limeira), dividido entre o centro administrativo, a incubadora de empresas de base tecnológica, laboratórios, auditório e hall de eventos. O investimento do Estado até o momento supera R$ 12 milhões em obras, equipamentos e na construção da Faculdade de Tecnologia (Fatec).

Pesquisa

Alckmin assinou autorização de repasse no valor de R$ 5 milhões para um projeto do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) sobre gaseificação, que será realizado em Piracicaba. A pesquisa consiste em transformar a biomassa da cana em gás. E a partir desse gás remontar as moléculas e transformar em produto, como por exemplo o biocombustível.

O parque tecnológico de Piracicaba tem suas atividades voltadas para o setor de Biocombustíveis, Tecnologias de Conversão de Biomassa e Resíduos Agroindustriais, além de Tecnologias Ambientais.

Instituições renomadas terão seus laboratórios integrados à iniciativa, entre elas: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq-USP), União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Única), Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana), Centro de Tecnologia Canavieira(CTC), Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

(Assessoria de Comunicação, 21/8/12)