Notícia

Canal – Jornal da Bioenergia online

Parceria entre SP-Holanda investe na pesquisa de bioenergia

Publicado em 26 novembro 2012

Acordo de cooperação entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a Organização Holandesa para Pesquisa Científica (NWO) começa a ser colocado em prática com uma primeira chamada para trabalhos relacionados à bioeconomia, o que inclui projetos na áreas de bioenergia, no uso de biomassa para geração de produtos químicos, no segmento de recursos hídricos e no agronegócio.

"As ciências da vida foram onde, inicialmente, encontramos um terreno comum para iniciar a colaboração. Mas é só o começo. O acordo poderá ser renovado após os cinco primeiros anos", afirma o presidente da NWO, principal agência holandesa de fomento à pesquisa, Jos Engelen.

Para esta primeira chamada, serão destinados 2,1 milhões de euros (cerca de R$ 5,6 milhões), com até 300 mil euros (R$804 mil) por projeto. As propostas devem ser apresentadas até março de 2013.

Pelo acordo assinado no dia 21, entre a Fapesp e a NWO, serão investidos 4 milhões de euros (algo como R$ 10 milhões) nos próximos cinco anos. O presidente da instituição brasileira, Celso Lafer, salienta o fato de a parceria ser uma oportunidade de atuar em vários campos do conhecimento e vai ajudar a estreitar as relações entre pesquisadores do País e da Holanda.

"Ela abre espaço para a cooperação entre universidades, para parcerias público-privadas e também para projetos no âmbito de pequenas e médias empresas", diz Lafer em entrevista à Agência Fapesp. Mais informações sobre o acordo: www.fapesp.br/acordos/nwo

Diário Net