Notícia

Panorama Brasil

Parceria da FAPESP com Telefônica prevê projeto de TI para todo o Brasil

Publicado em 26 abril 2007

Por Lorena Latorre

São Paulo - A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e o Grupo Telefônica firmaram hoje (26) convênio para fomento a pesquisas visando apoio no avanço e ampliação do conhecimento em tecnologia da informação (TI) e telecomunicações em são Paulo.
"Este tipo de parceria pode ser, futuramente, ampliada para todo o Brasil e demais países da América Latina", afirma o presidente do Grupo da Telefônica no Brasil, Antônio Carlos Valente.
O diretor cientifico da FAPESP, Carlos Henrique de Brito Cruz garantiu que "já existem 900 km de rede prontos e 150 semi-prontos". O contrato do convênio garante por 3 anos o uso da rede de fibra óptica disponibilizado pela Telefônica com 3,3 mil km no estado de São Paulo, que chegará até o interior dos laboratórios de todas as instituições participantes das chamadas "fiber-to-the-lab", ou seja, plataformas. "Esse contrato é de 3 anos, mas pode ser renovável", enfatizou Brito Cruz.
As pesquisas financiadas pelo convênio podem ser básicas (voltadas para o entendimento complexo e pesquisas na fronteira do conhecimento) ou aplicadas (voltadas para novos produtos e serviços). O diretor esclarece que "são 60 diferentes laboratórios e as propostas analisadas e selecionadas serão realizados em duas etapas".
"São mais de 400 pesquisadores em São Paulo, e estão previstas 10 bolsas, sendo 27 projetos propostos e mais 12 previstos, nos quais são formados de 3 a 4 grupos por proposta", explicou Brito Cruz.