Notícia

O Globo online

Para especialistas, Embraer não poderia ficar isolada e inovação deve ganhar impulso

Publicado em 06 julho 2018

Por Cleide Carvalho
SÃO PAULO - Diante da evolução do mercado de aviação no mundo, a Embraer não podia ficar isolada e precisava se unir para se fortalecer, apontam especialistas, ao avaliar o acordo entre a empresa brasileira e a Boeing para a criação de uma joint venture em aviação comercial. O acerto deve dar impulso à inovação, um dos principais ativos da fabricante brasileira de aviões. Há quem defenda que o governo mantenha a ação especial na Embraer, que garante o poder de veto e pode ser um instrumento para a defesa da inovação e da [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.