Notícia

InfoMoney

Para economizar combustível, ênfase deve estar na produção de carros

Publicado em 02 março 2009

Por Roberta de Matos Vilas Boas

Para fazer com que os consumidores economizem combustível e que haja uma redução nas emissões de gases causadores do efeito estufa, a ênfase deverá estar nos veículos e não mais nos combustíveis. Isso é o que acredita o diretor do Centro Amset da Universidade de Montfort, no Reino Unido, John Twidell.

"O foco deve estar muito mais no desenvolvimento de veículos adequados que sejam utilizados da forma mais eficiente possível. Chegamos a um patamar de abundância na área das energias renováveis, mas ainda temos muito a estudar no campo da eficiência energética, cujas tecnologias possam garantir a sustentabilidade a um custo adequado", disse durante o Workshop on Physics and Chemistry of Climate Change and Enterpreneurship, realizado entre os de 26 e 27 de fevereiro na Fapesp, em São Paulo.

Energia renovável

Durante a palestra, Twidell também afirmou que a melhor forma de energia renovável é a economia. "Isso remete à necessidade de sempre analisarmos a eficiência do que está sendo produzido pelos países, como no caso brasileiro, que tem alta produção de energia hidroelétrica e etanol", diz.

Porém, segundo a Agência Fapesp, ele também questiona se o País está dando a devida atenção ao gasto de energia dos refrigeradores, isolantes térmicos e motores utilizados em construção e automóveis.

De acordo com ele, a União Europeia criou diversos marcos regulatórios estabelecendo padrões que determinam que até 2020, 20% da energia total utilizada tenha origem em fontes renováveis