Notícia

UNICA - União da Indústria de Cana-de-Açúcar

Papel das energias renováveis na economia será tema do UNICA Fórum 201617/11/2016

Publicado em 17 novembro 2016

Poucos setores apresentaram em 2015 um resultado tão favorável no Brasil quando o de energias renováveis. Mesmo em uma conjuntura difícil, o setor expandiu sua  produção em 1,8% em relação ao ano anterior, segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Vislumbrando horizontes ainda mais promissores com a vigência do Acordo de Paris, estas fontes serão cada vez mais decisivas não apenas do ponto de vista ambiental, ajudando a frear o aquecimento global, mas também do lado econômico, gerando empregos e bem-estar social.

 

Com este pano de fundo, dois renomados especialistas, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o chefe do Centro de Crescimento Econômico do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE/FGV), Samuel Pessôa, farão uma reflexão sobre o tema na primeira plenária do UNICA Fórum, marcado para o dia 28 de novembro no Teatro Principal do World Trade Center (WTC) em São Paulo (SP).

 

A presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Elizabeth Farina, lembra que o Brasil, com matriz energética 40% renovável, é um caso de sucesso na bioeconomia mundial. “Diferente do nosso País, o mundo apresenta uma média de 13% na produção e uso de energias não poluentes. Somente os produtos produzidos a partir da cana foram responsáveis por uma receita de aproximadamente US$ 8 bilhões em divisas externas em 2015 com as exportações de açúcar e de etanol, além de empregar diretamente cerca de 1 milhão de pessoas”, enfatiza a executiva.

 

Na plenária inaugural do Fórum, Henrique Meirelles e Samuel Pessôa estarão acompanhados do presidente do Conselho da Copersucar, Luiz Roberto Pogetti, e do presidente dos Conselhos da Cosan, Raízen e Comgás, Rubens Ometto Silveira Mello.

 

 

Nomes confirmados

Em seu ano de estreia, o UNICA Fórum será composto por quatro plenárias e cerimônias de abertura e encerramento. Além de Henrique Meirelles, Samuel Pessôa, Luiz Roberto Pogetti e Rubens Ometto, o evento tem as seguintes confirmações:; Pedro Parente, presidente da Petrobras, Fernando Bezerra Filho, ministro de Minas e Energia; José Goldemberg, presidente da Fapesp; Justine Leigh-Bell, especialista em créditos de carbono e diretora da Climate Bonds Initiative; Luiz Barroso, presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE); Antonio Megale, presidente da Anfavea; Ricardo Abe, gerente de Engenharia de Produto da Nissan do Brasil; Pedro Mizutani, vice-presidente de Relações Externas e Estratégia da Raízen e presidente do Conselho Deliberativo da UNICA; Paolo Corvo, diretor global de Desenvolvimento de Negócios para Bioenergias da multinacional alemã Clariant; e Marcelo Furtado, representante da Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura.

 

 

Inscrições

O prazo de inscrições para o UNICA Fórum 2016 termina na próxima segunda-feira, dia 21 de novembro, ou seja, daqui a 4 dias . Portanto, os interessados em participar têm até esta data para efetuar as inscrições por meio da página oficial do Fórum (aqui). O sistema de registros oferece duas opções de pagamento: boleto bancário e cartão de crédito.

Para pagamentos com boleto bancário, alertamos que este deve ser quitado também até 21/11. Caso utilize o serviço de internet banking, pedimos atenção especial ao horário limite para pagamentos on-line do seu banco.

 

 

Patrocínio

O seminário, patrocinado pelas empresas FMC, Syngenta, Coca-Cola, Bayer, Clariant, Honda, Amyris e Energisa, será organizado pela multinacional suíça MCI Group, maior realizadora de congressos do mundo, e pela MediaLink, consultoria dirigida pelo ex-diretor de Comunicação da UNICA, Adhemar Altieri.

 

 

Apoio

Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), Nissan, Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), Associação Brasileira de Bancos Internacionais (ABBI), Associação Brasileira Marketing Rural (ABMR&A), Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br), Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), Instituto Nacional de Eficiência Energética (INEE), Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana), Uni&at ilde;o dos Produtores de Bioenergia (Udop), Sociedade dos Técnicos Açucareiros e Alcooleiros do Brasil (Stab) e Associação dos Fabricantes de Equipamentos para Controle de Emissões Veiculares da América do Sul (Afeevas).

Parceiros de Mídia

Canal Rural, Argus Media, Jornal Cana, OPIS, Gazeta Mercantil Experience, Portal Notícias Agrícolas e as seguintes Revistas: Carro, Horizonte Geográfico, Opiniões, RPA News, Carro Online, Brasil Energia e PIB.