Notícia

Rádio Sanca WEB TV

Pandemia inspira novas aplicações de materiais antimicrobianos

Publicado em 12 outubro 2021

Por Ivan Lucas

Os resultados obtidos pelo CDMF no contexto da pandemia foram destacados também pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a quem o CDMF está vinculado, como um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid) apoiados pela Fundação. Em seu último relatório anual, relativo a 2020, a Fapesp destacou as aplicações desenvolvidas em parceria entre o CDMF e a Nanox - como tecidos e filmes plásticos com as partículas que eliminam o Sars-CoV-2 por contato - e, também, as atividades de difusão realizadas em parceria com o Laboratório Aberto de Interatividade para a Disseminação do Conhecimento Científico e Tecnológico (LAbI) (www.labi.ufscar.br), especialmente o podcast Quarentena, no ar ininterruptamente por 280 dias em 2020 e que, neste ano, segue sendo veiculado em edições semanais.

"Como não me canso de repetir, dada a importância desta mensagem, nada disso teria sido possível sem o investimento contínuo em Ciência básica e aplicada ao longo das últimas décadas. É este conhecimento acumulado e, muito especialmente, as pessoas formadas nesse processo, que permitiram a mobilização e rápida resposta no momento da emergência global", registra Elson Longo, Diretor do CDMF. "Outro aspecto fundamental é que a Ciência é um trabalho em equipe, e aproveito a oportunidade para parabenizar e agradecer todas as pessoas envolvidas, do CDMF e de tantos parceiros", complementa.

Além do CDMF e da Nanox, figuram como instituições de vínculo do conjunto de autores envolvidos nas três publicações outras unidades na própria UFSCar (Departamento de Química e Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia), além da Universitat Jaume I, na Espanha; da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Botucatu; e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Quimiweb Revista Analytica online Revista Amazônia Saense Investe São Paulo