Notícia

Opinião & Crítica (EUA)

Pandemia acelerou implementação da inteligência artificial

Publicado em 14 dezembro 2020

De acordo com Sergio Risola, diretor-executivo do Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (USP/Ipen), a implementação da inteligência artificial no Brasil caminhava de forma lenta até pouco tempo atrás, mas, com a pandemia, houve um processo de aceleração tecnológica e a necessidade de preparar e capacitar pessoas para o domínio tecnologias de IA. Ele escreveu um texto no portal especializado Whow!.

“Assim, surgiram projetos de pesquisa e capacitação para que a aplicação da IA possa ser ampliada e seus benefícios melhores explorados, assim como seu potencial de modificar o funcionamento de organizações, da própria ciência e de toda a sociedade.

Diante deste cenário, a USP, a IBM e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), se uniram para intensificar esta evolução e criaram o Centro de Inteligência Artificial (C4AI) do Brasil, dedicado ao desenvolvimento de estudos e à pesquisa de ponta em IA para endereçar temas de grande impacto social e econômico. Ambientes como este visam consolidar e potencializar esse processo contínuo de investigação, pesquisa e capacitação das pessoas no domínio das tecnologias digitais”, comenta.