Notícia

Folha de S. Paulo

Palmeiras padece de deficit democrático e de profissionalismo

Publicado em 15 novembro 2011

Entrevista - Luiz Gonzaga Belluzzo Para os palmeirenses que acompanham desconsolados a crise na qual seu clube está afundado, uma notícia ruim a mais: não há perspectiva de muitas melhoras, pelo menos no curto prazo. E o problema vai muito além do endividamento, hoje estimado em R$ 130 milhões, ou do racha no elenco, ocasionado pelo afastamento do atacante Kleber. "Há um deficit profissional e um deficit democrático", disse o ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, professor de economia na Unicamp, conselheiro da BM&F, da Fapesp e [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.