Notícia

UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais

'Outra estação', da Rádio UFMG Educativa, explica como o corpo se defende

Publicado em 08 agosto 2020

Funcionamento do sistema imunológico e papel das vacinas na promoção da imunidade contra o coronavírus são abordados na edição 53 do programa

O sistema imunológico de uma pessoa pode ser comparado a um exército de defesa que permanece ativo 24 horas por dia. Trata-se de uma complexa rede de órgãos, células e estruturas capaz de defender o organismo das doenças causadas por uma infinidade de micro-organismos perigosos. Com o surgimento do coronavírus, as atenções voltaram-se ainda mais para o funcionamento desse sistema. Termos como anticorpos, linfócitos e resposta imune têm tomado conta do noticiário. 

Mas o que, de fato, eles significam? Como nosso sistema imunológico identifica ameaças microscópicas como o coronavírus? E como reage a essas ameaças? Essas são algumas questões abordadas no episódio 53 do programa Outra estação, da Rádio UFMG Educativa. O programa também fala sobre o papel das vacinas na promoção da imunidade, discute a chamada imunidade de rebanho e dá dicas de como podemos manter saudáveis nossas barreiras naturais de proteção. 

Em busca do equilíbrio

O corpo humano está em constante interação com o ambiente, e isso pode resultar na contaminação por uma infinidade de micro-organismos que nós não vemos, mas que estão presentes no ar que respiramos, nos objetos que tocamos, nas roupas que vestimos e até na água que bebemos. Para garantir a nossa integridade, o corpo é equipado com barreiras físicas, biológicas, mecânicas e uma série de dispositivos que nos avisam quando algum agente perigoso para a saúde é detectado. 

A primeira parte do programa explica como o corpo humano é treinado, desde a barriga da mãe, para reconhecer e combater possíveis agentes infecciosos e como os neutrófilos, os fagócitos, os linfócitos, os anticorpos e os linfonodos estão mobilizados nessa defesa. Foram entrevistados o professor da Faculdade de Medicina da UFMG Ênio Pietra e a professora do Centro de Biotecnologia e coordenadora do Laboratório de Imunologia das doenças Infecciosas da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Tatjana Keesen.

Vacinas, uma “forcinha” para nosso sistema imune

As vacinas são uma das formas mais eficazes de prevenção contra doenças virais e bacterianas. Elas agem para estimular o sistema imunológico e produzir defesas contra os micro-organismos que provocam essas doenças, mesmo antes de o organismo entrar em contato com os agentes invasores. É por isso que existem mais de 160 iniciativas pelo mundo dedicadas ao desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus. 

A segunda parte do programa explica como as vacinas conseguem ativar nossas defesas, quais as etapas necessárias para o desenvolvimento de uma imunização segura e eficaz e por que podem ser empregadas diferentes estratégias no desenvolvimento de um imunizante. Também são explicados outros conceitos importantes, como o de memória imunológica, necessário para entender por que a imunização contra algumas doenças dura a vida toda, enquanto outras precisam de reforço anual. 

Esse bloco do programa contou com a participação do microbiologista Luiz Gustavo de Almeida, diretor de mídias sociais do Instituto Questão de Ciência, e da professora do Departamento de Bioquímica e Imunologia da UFMG Ana Maria Caetano Faria, que integra o comitê científico da Sociedade Brasileira de Imunologia. Na parte final do programa, a professora da UFPB Tatjana Keesen dá algumas dicas de como podemos fortalecer nosso sistema imunológico.

Para saber mais

Comunicado (em inglês) emitido pelo Instituto de Tecnologia da Califórnia sobre a imagem que mostra os anticorpos neutralizando o Sars-CoV-2. Leia também o artigo publicado pelos pesquisadores do Instituto na revista Cell.

Assista ao webinar Bases imunológicas para a vacina contra a covid-19, promovido pela SBI e que contou com participação do professor Ricardo Gazzinelli, da UFMG.

Em entrevista ao programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa, o professor do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG Flávio Guimarães da Fonseca fala sobre estratégia da imunidade de rebanho

Reportagem publicada no Portal UFMG aborda a participação da UFMG no testes clínicos da vacina chinesa

Reportagem publicada no site do Ministério da Saúde sobre a parceria entre a Fiocruz e AstraZeneca para produção de vacina desenvolvida na Universidade de Oxford (Reino Unido). A Universidade mantém ainda uma página (em inglês) com atualizações sobre a vacina.

Pessoas que se recuperaram da covid-19 podem ficar imunes ou ser infectadas mais de uma vez? Saiba o que diz a Organização Mundial de Saúde (artigo em inglês).

O quebra-cabeça da imunidade – questões cruciais sobre a resposta do sistema imunológico contra o novo coronavírus permanecem em aberto, reportagem da Revista Fapesp.

Lista da OMS (em inglês) com todas as candidatas à vacina contra o coronavírus.

Dicas para "fortalecer o sistema imune" funcionam?, artigo publicado pelo microbiologista Luiz Gustavo de Almeida na Revista Questão de Ciência.

Produção

O episódio 52 do programa Outra estação é apresentado por Camila Meira. A produção é de Camila Meira e Breno Benevides. A edição e a coordenação de jornalismo são de Paula Alkmim, e os trabalhos técnicos, de Breno Rodrigues.

O programa aborda, semanalmente, um tema de interesse social. Na Rádio UFMG Educativa (104,5 FM), ele vai ao ar às quintas-feiras, às 18h, com reprise às sextas, às 7h30. O conteúdo também está disponível nos aplicativos de podcast, como o Spotify.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Nexo Jornal Sputnik Mundo (Rússia)