Notícia

Jornal da Tarde

Otimismo no futuro da pesquisa científica

Publicado em 22 setembro 2001

A Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação terminou ontem com previsões otimistas para o futuro da pesquisa científica no País. Três dias de debates, envolvendo 1.200 cientistas, empresários e representantes do governo, culminaram em um compromisso universal para promover e fortalecer a inovação tecnológica nas academias e, principalmente, no setor empresarial. "A conferência representa a inserção definitiva da ciência e tecnologia na agenda social e política de desenvolvimento do País", disse o ministro Ronaldo Sardenberg. O diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), José Fernando Perez, classificou o encontro como prova do sucesso de 35 anos de incentivo à pesquisa científica, desde a implementação dos programas nacionais de pós-graduação. "Isso não é um começo, é um salto", disse Perez.