Notícia

Gazeta Mercantil

Os companheiros da pesquisa

Publicado em 15 março 2000

A máxima de que a união faz a força é aplicada de forma original na região de São Carlos (SP). Nove empresas de pequeno porte, de diferentes áreas, com o apoio da Escola de Engenharia da USR formaram uma organização virtual para prospectar novos negócios. "Procuramos oportunidades que. normalmente, uma empresa sozinha não consegue aproveitar. Queremos estimular parcerias", explica o coordenador e idealiza-dor da Organização Virtual de Tecnologia (Virtec), Carlos Frederico Bremer. Pelo menos duas vezes por mês, os integrantes da Virtec se reúnem para trocar experiências, principalmente na área tecnológica. Dessas reuniões, que se realizam desde 98, já nasceram alguns projetos como o martelo com pontas de poliuretano vegetal - produzido com melaço de cana-de-açúcar e óleo de mamona - utilizado na montagem de materiais delicados. PARCERIA - A Kehl, especializada cm borrachas, pesquisou durante sete anos a tecnologia do poliuretano vegetal. Para fabricar a ferramenta, precisava de um parceiro na área de metais. Em uma das reuniões da Virtec encontrou a Fultec, especializada em ligas de aço. e fechou um acordo. Em 98 o faturamento da Kehl era de R$ 1(X) mil. No ano passado pulou para R$ 300 mil. "Depois que entramos na Virtec surgiram oportunidades fora do grupo, como o dreno que estamos desenvolvendo para a Unicamp". ressalta Eduardo Murgel Ferraz Kehl. Atualmente. a administração da Virtec está em busca de mais recursos para melhorar a sua atuação. Hoje, a organização tem verba anual de R$ 120 mil - parte vinda da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e parte da mensalidade de R$ 250 cobrada das empresas participantes. (LFK)