Notícia

Jornal da Unesp online

Olimpíada de Matemática reúne 10 mil alunos

Publicado em 13 setembro 2007

Premiação ocorre 15 de setembro, na UFSCar

Cerca de dez mil alunos de ensino médio de 120 escolas públicas do Estado de São Paulo participaram da III Olimpíada de Matemática, Química e Física (OMQF), promovida pelo Centro Multidisciplinar para o Desenvolvimento de Materiais Cerâmicos (CMDMC), que reúne pesquisadores da UNESP, da UFSCar e da USP de São Carlos. A premiação está prevista para o dia 15 de setembro, no Teatro Florestan Fernandes da UFSCar.

Organizada sob a orientação do diretor de Difusão, Antonio C. Hernandes, a prova foi realizada no dia 16 de junho. Receberão prêmios os melhores alunos de cada escola, além dos três que se destacarem na classificação geral. Serão oferecidos livros e pratos de cerâmica com filetes de ouro. Na ocasião haverá o sorteio de duas passagens aéreas, uma para aluno e outra para professor, cedidas pela Tec Fly Turismo Ltda.

Com finalidade estritamente educacional, a iniciativa busca estimular o interesse de jovens pela atividade universitária, principalmente na área tecnológica, além de contribuir para a aproximação das escolas públicas com a universidade. A Olimpíada consiste na aplicação de uma prova composta por 30 questões, distribuídas entre as disciplinas Física, Química e Matemática. A organização adota como base o conteúdo didático do ensino médio, cobrado nos principais vestibulares do Estado.

O reconhecimento da importância educacional do evento pelas autoridades municipais resultou em uma emenda parlamentar, de autoria do vereador Lineu Navarro (PT), para a destinação de uma verba para a impressão e aplicação das provas nas diversas cidades inscritas. A emenda se tornou Lei sob o nº 14.084, em 14 de maio de 2007.

Nesta edição, participaram escolas de 57 municípios diferentes, dentre eles São Carlos, Limeira, Rio Claro, São José do Rio Preto, Araraquara, Saltinho, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Eudóxia, Santa Rita do Passa Quatro, São Carlos, São José do Rio Pardo, São Pedro, Sertãozinho. O CMDMC é um dos dez Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão da Fapesp e reúne pesquisadores do Instituto de Química da UNESP, da UFSCar e da USP, câmpus de São Carlos.