Notícia

Caliandra

Óleo de Sucupira, benefícios e usos

Publicado em 04 setembro 2017

O óleo de sucupira é extraído da semente da sucupira, uma árvore da família das Fabaceae, bastante comum no Brasil, principalmente no estado de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins.

Os índios utilizavam o óleo de sucupira para diminuir os sintomas de dores, principalmente as que estão associadas à inflamação nas articulações, como é o caso da artrite, artrite reumatóide, reumatismo e artrose.

O óleo de sucupira possui importantes propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, ajudando a tratar de inflamações e dores no corpo. Acredita-se também que o óleo de sucupira tem o poder de fortalecer os ossos mesmo em pessoas de mais idade, uma ótima forma de prevenir enfermidades dos ossos, como a osteoporose.

Massoterapia: Tem uso na massoterapia para ativar a circulação sanguínea e relaxar o corpo, além de aliviar dores.

Outros usos para o óleo de sucupira são: Tratar aftas, asma, dermatoses, gastrite, úlcera, vermes intestinais, amigdalite, diabetes, gota e até a prevenção de esquistossomose. Além disso, o óleo de sucupira pode diminuir os sintomas adversos de quem sofre de hérnia de disco e bico-de-papagaio

Para tratar inflamações: O uso do chá de sucupira também pode trazer benefícios para a saúde, principalmente para tratar de inflamações, como a amigdalite e dor de garganta, mas também em casos de ácido úrico, cisto no útero e até mesmo sífilis. Especialistas indicam o chá de sucupira também para aliviar o desconforto causado pelo tratamento de quimioterapia. Esta planta sempre foi muito utilizada medicinalmente, principalmente para evitar dores decorrentes de inflamação nas articulações.

Reduz inflamação de muscular: Alguns estudos recentes feitos em animais mostram que o extrato de sucupira tem o poder de diminuir a inflamação muscular, o que é um bom indicativo de que a sucupira também pode ter o mesmo efeito em seres humanos. Além do óleo de sucupira, uma outra forma de tratamento estudada foi o extrato hidroalcoólico. Que preserva os diterpenos do óleo interno da semente de sucupira e irá amenizar as dores e sintomas desagradáveis, mas é importante ressaltar que, nos estudos realizados, este tratamento não impediu que a doença evoluísse.

Previne e auxilia no tratamento de câncer de próstata: Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) identificaram uma substância na planta popularmente conhecida como sucupira capaz de inibir o crescimento de células de câncer de próstata em estudos in vitro. “Outras substâncias com estruturas análogas estudadas também mostraram efeito semelhante, mas uma em especial apresentou maior potência, com seletividade para a linhagem de tumores de próstata”, relatou a pesqusisadora à Agência FAPESP. Segundo relato, o nome da molécula de interesse, extraída do óleo da semente de sucupira, é 6alfa-acetóxi-7beta-hidroxi-vouacapano. A sucupira é uma planta do cerrado tradicionalmente conhecida pelos seus efeitos anti-inflamatórios e de combate à dor.

Trata úlceras, vermífugo e combate inflamações no útero e ovários: O óleo de sucupira também pode ser utilizado para combater úlcera, gastrite, ácido úrico, aftas, amidalite, artrite, artrose, asma, blenorragia, dermatoses, dor espasmódica, diabete, ronquidão, sífilis, hemorragias, vermes intestinais, além disso, é anticancerígeno e combate as inflamações no útero e no ovário e é excelente para articulação.

Anti cancerígeno: Uma pesquisa feita recentemente indicou que o óxido de etileno, uma substância obtida do extrato da semente de sucupira, pode impedir o crescimento e a proliferação de células de câncer em animais, a partir de sua propriedade citotóxica. Ainda faltam mais estudos para comprovar que a semente de sucupira realmente possui uma ação anti-cancerígena.

Propriedades analgésicas: A ação analgésica da sucupira aliada à suas propriedades anti-inflamatórias é o que fez desta planta um remédio natural tão conhecido em todo o Brasil. Estudos feitos em animais indicam que os flavonoides encontrados na semente e no óleo de sucupira têm o poder de diminuir a produção de prostaglandinas, substâncias capazes de transmitir e aumentar as dores.

Proteção no trato gastrointestinal: Principalmente no que diz respeito a úlceras e gastrite, o óleo de sucupira é um ótimo remédio para proteger o trato gastrointestinal. Uma pesquisa recente indicou que o consumo do óleo de sucupira ajudou a reduzir a presença de exsudato ao mesmo tempo em que aumentou os neutrófilos, células que agem na defesa do nosso organismo.

É importante ressaltar que, mesmo que muitos pacientes e especialistas reconheçam as propriedades medicinais da sucupira e de seu óleo, os efeitos benéficos desta planta ainda estão sendo estudados e não foram comprovados cientificamente

Dosagem e Modo de Usar

– Externo: Massageie o corpo com o óleo ou o adicione em algum hidratante.

– Alimentício: Sugere-se tomar 3 gotas duas vezes ao dia, diluir em água.

USO INTERNO E EXTERNO.