Notícia

Diário de Marília online

Oferta de crédito para ideias inovadoras atrai 300 empresas

Publicado em 19 julho 2016

Por Marcelo Moriyama

Uma empresa ou profissional que tenha apenas uma ideia inovadora, diferente, mas exequível (realizável), pode receber da Fapesp, por exemplo, R$ 200 mil só para que seja aplicada. Se der certo, pode receber mais R$ 1 milhão de reforço para ser expandida. A oferta de crédito não para, exige apenas que seja inovadora. A oportunidade de conhecer como conseguir este recurso atraiu 300 empresários, profissionais e empreendedores de toda a região no encontro realizado ontem no Univem, sob a coordenação do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília).

A iniciativa é do governo paulista, através da Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP) e apoio da prefeitura. “O desenvolvimento econômico ocorre através do triple universidade, governo e empresas. Esse encontro busca unir estes fatores, envolvendo o suporte da universidade, os programas de fomento e incentivo do governo e, com as empresas, o material humano para executar o desenvolvimento”, disse o gestor do CITec-Marília, Fábio Pereira.

Segundo ele, a participação de 300 inscritos demonstra o potencial de empreendedorismo de nossa região. “Estes empreendedores e pesquisadores estão conhecendo neste evento as opções de financiamento e outros tipos de apoios à inovação existentes no Estado, visando o investimento em projetos, saindo da teoria para a prática de mercado.”

O objetivo é diminuir a distância entre as instituições de fomento, empresas, startups e centros de pesquisas, além de impulsionar a economia paulista por meio de investimentos em inovação. Para isso, os participantes terão dicas de como e onde buscar recursos financeiros; e obter orientação qualificada sobre quais são os obstáculos que podem comprometer o sucesso do seu projeto.

Segundo Cássio Pinto Júnior, secretário de Desenvolvimento de Marília, estas ações contribuem para a implantação do Parque Tecnológico, cada vez mais atraindo empresas. “Isso fortalece a economia e gera muitos empregos. A redução de impostos pela Prefeitura para essa finalidade está repercutindo de forma muito positiva. Enquanto o Brasil vive um momento recessivo, esse setor está obtendo um crescimento de 30% ao ano devido à globalização. As parcerias em Marília e com o governo do Estado estão tendo ótimo resultado”, afirmou o secretário.

São vários programas para empresas disponíveis a projetos de inovação em diversos estágios como a Fapesp com os programas Pipe, Pite e Papi; o Finep com os programas Inovacred para empresas em incubação ou já graduadas e o Primatec; o BNDES com o programa BNDES Soluções Tecnológicas, entre outros.

O evento Movimento pela Inovação em Marília acontece de 19 a 21 deste mês. A abertura foi nesta terça-feira às 9h, mas os atendimentos estão sendo agendados até o dia 21, das 9h às 17h, para orientações personalizadas. O local é o Centro de Inovação Tecnológica de Marília, na Av. Hygino Muzzi Filho, 529. Mais informações pelo telefone (14) 2105-0834.